Pular para o conteúdo principal

PLANTAS COMO FIRMEZA DE ESQUERDA NA UMBANDA

Firmeza de Maria Padilha (esquerda) e firmeza de Exu Tranca Ruas (Direita)

Na Umbanda geralmente o assentamento da esquerda fica no terreiro. Em casa, os filhos tem no máximo um local, um ponto de força, uma firmeza para tratarem de seus Exus. Cada casa tem a sua doutrina e ao escolher fazer parte dela você e suas entidades acabam se adequando aquele lugar. 

Muita gente tem encontrado dificuldade para ter a sua firmeza de Exu:

- Pessoas que moram em apartamento;
- Pessoas que são Umbandista, porém, residem com pessoas ou familiares que não são e abominam qualquer prática, desde um acendimento de vala, defumação e muito menos um copo de pinga para esquerda;
- Pessoas que moram de aluguel e seus locatários colocam regras explícitas contra atos religiosos;
- Pessoas que moram em casa sem quintal;
- Pessoas com crianças pequenas e/ou animais domésticos pelo quintal;
- Ausência de uma "casinha" para guardar as coisas do guia;
- Medidor de água e luz conjunto (quando tem mais de uma casa em um terreno);
- Etc.

Uma alternativa que os guias e mentores de esquerda tem oferecido a seus filhos para tratar de suas necessidades energéticas, bem como concentrar sua firmeza é o vaso de plantas. A foto acima ilustra o vaso de uma Maria Padilha (Esquerda) e de um Exu Tranca Ruas (Direita), onde os mesmos sinalizaram aos médiuns como seria o vaso, os elementos que iriam fazer parte do mistério, como cruzar, como cuidar, onde colocar, etc.

Neste caso, esta firmeza voltada ao lar ficou consagrado como local para tratar de Exu sem que interferências externas como acima citadas quebrem a corrente magnética, energética e espiritual entre o médium x seus guias. 

PLANTAS PARA EXU E POMBA GIRA

Sabemos que um elemento de firmeza JAMAIS substituirá um assentamento, até mesmo porque, eles tem propósitos distintos e não de substituição um pelo outro. A firmeza de um vaso de plantas solicitado e consagrado pela sua linha de esquerda carrega somente os mistérios deles. A escolha dos elementos podem variam entre uma simples pimenteira (para combater inveja e olho gordo) até um vaso de 7 ervas (Em especial, para exus e pomba giras que atuam nas 7 linhas: Exu Sete Encruzilhadas, Maria Padilha das Sete Encruzilhadas, etc). 

A terra pode ser comum ou previamente preparada. O vaso virgem pode ser riscado com pemba pelo próprio guia antes de se plantá-las (no meu caso, o guia riscou o ponto dele embaixo do vaso). Cada caso é único e peculiar. A Umbanda tem sim fundamento e é preciso estudar, porém o que não podemos permitir é que ela pare no tempo e/ou não se atualize as necessidades humanas de hoje em dia. Nem todo mundo pode ter um assentamento de ferro em forma de tridente em casa, ou uma imagem de Exu, muitas pessoas tem animais domésticos que poderiam beber um copo de pinga no chão, comer a farofa dos guias, etc. 

Para estas pessoas que encontram dificuldade em cuidar dos seus guias em casa, centrar seu assentamento no terreiro parece ser a melhor opção, o que não isime ou limita de você poder ter um elemento de ponto de força (como uma planta, por exemplo) discreta, singela e poderosa na entrada do seu lar ou comércio. Na dúvida, procure um pai de santo e guias de sua confiança! Tudo que é feito com a sua fé, amor, dedicação e cuidado pode ser um elemento de grande força magística para seus guias e mentores utilizarem em prol de sua proteção, defesa, abertura de caminhos e evolução. Pense nisso! 


Comentários

  1. Boa tarde, qual é o nome dessas plantas do Exu?

    ResponderExcluir
  2. Qual o nome dessas plantas do Exu

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Boa tarde gostaria de saber o nome dessas plantas do Exu o meu imail e rosa21dias@hotmail.com por favor me responda moro em apartamento alugado e preciso dessa firmeza sou umbandista pai de santo já falecido

      Excluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

TRABALHOS COM CABEÇA DE CERA NA UMBANDA

INTRODUÇÃO A Cabeça é o lugar mais sagrado para o Umbandista. É ali que vive o seu Ori, sua coroa, sua mente, seu cérebro, o início dos seus chacras, etc. Trabalhos com cabeça de cera devem ser feitos por pessoas experientes e fundamentadas. Na dúvida sobre o que ou como fazer, sempre consulte o pai de santo de sua confiança.  CABEÇA DE CERA PARA OXUM: PEDIDOS E PROMESSAS Oxum (Nossa senhora de aparecida) é muito conhecida por receber cabeças de cera em seus trabalhos, seja ele para amor (embora a Umbanda em si seja contra trabalhos de amarrações) ou para outros pedidos.  Em São Paulo está localizado o Santuário de Aparecida do Norte. Lá é recebido diariamente muitas peças de cera em pedido ou agradecimento de graças alcançadas por seus fiéis.  Podemos fazer cabeça de cera para cura, para melhorar os pensamentos, clarear as ideias, etc.  CABEÇA DE CERA COM YEMANJÁ: CALMA, LIMPEZA E DISCERNIMENTO.  Yemanjá é a mãe de todos. Este trabalho é indicado para ac

VELAS E SUAS DEFORMAÇÕES: "MINHA VELA BORRADA, O QUE ISSO QUER DIZER?"

INTRODUÇÃO A Umbanda é uma religião que trabalha com energia, portanto, ela pode se movimentar de ponta a ponta, de forma neutra ou intencionada. Sendo intencionada, podemos identificá-la como positiva ou negativa, recebida ou negada, desviada, redirecionada, etc. Se formos olhar a definição de dicionário, "energia" nada mais é do que a capacidade de um corpo, objeto ou molécula realizar seu trabalho. Se formos pensar em "energia de vela", seria a capacidade que a vela tem de executar o seu trabalho (quebra demanda, proteção, maldade, reversão, desvio, anulação, potencialização, cobrança, correção, direcionamento, etc).  Muitas pessoas que acendem velas se perguntam: "Olha como minha vela ficou", o que isso quer dizer? Para responder essa pergunta primeiro é necessário levantar quais variáveis borram uma vela. Sua vela pode borrar por estar exposta ao vento (ventilador, janela aberta, porta aberta, alguém que passou correndo, etc), pode

POR QUE OS ORIXÁS COBREM O ROSTO NO CANDOMBLÉ?

Foto de Oxum Recebi esta pergunta de um internauta neste mês de junho e embora o nosso blog seja voltado ao estudo da doutrina espírita, é sempre muito válido estudarmos as outras religiões espíritas. Conhecimento nunca é demais! Para responder a esta pergunta vamos ter que recorrer a um pouco de "História". Há muito tempo atrás, em especial na África, os primeiros reis e rainhas eram tidos como sagrados, como se fossem seres escolhidos pelos deuses para reinar na terra e, portanto, muito elevados em relação ao seu clero, sua população, povo, etc. Elevados ao ponto destes não serem dignos de verem os seus rostos.  Nas roupas de santo do Candomblé, muitas nações em cobrem os rostos dos filhos com Adês (Coroas) análogas a da realeza. Muitas delas acompanham uma espécie de cortinas em forma de franja de miçangas (Imbé), como respeito ao Orixá e de certa forma dizendo que não somos dignos de ver o seu rosto quando incorporado em terra. A derivação de outros materia