Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Maio, 2019

A EXPERIÊNCIA DE UMA TEMPESTADE - POR EDUARDO DE OXOSSI

Quando você estiver em uma tempestade e não puder sair dela, trate de aprender tudo com ela. Ela vai passar, mas o conhecimento que ela vai deixar não! O Conhecimento é nosso e ninguém tira. Assim nascem os bons marujos, aptos para navegar em águas tranquilas, medianas ou agitadas. Tudo aquilo que não nos mata, serve em ultima instância para nos deixar mais fortes do que quando entramos na tempestade. O Marujo que vai ao mar navegar pela sua primeira vez, entra no barco um menino, mas volta de lá um homem. As tempestades podem ser assustadoras, amedrontadoras, mas no fim, são também uma forma de instalar a coragem, a determinação, o foco, a fé e a resiliência. Se estiver com problema para enfrentar as suas tempestades, acenda uma vela azul (clara ou escura) para linha de marinheiros e peça força para este momento de turbulência. 

AJUDA DE LOGUNAN PARA DEPRESSÃO, ANSIEDADE E PAZ - POR EDUARDO DE OXOSSI

Para aqueles problemas do passado que nos machucaram, arrancaram nossa energia, nos deixaram mágoas, marcas e decepções...acenda uma vela PRATA e peça a mãe LOGUNAN que lhe ajude a desprender destas pedras e pesos. Para aqueles problemas e incertezas do futuro que nos tiram o sono, nos deixam com coração acelerado, com angústia e ansiedade, acenda uma vela PRATA e peça para mãe LOGUNAN que acalme seu coração, que lhe ensine o poder do tempo, da espera e da perseverança. O Presente tem este nome por que é no hoje que você digere o passado e planeja o futuro. O presente tem este nome porque é um presente que você dá a si mesmo amanhã. Se você cuida da sua saúde hoje, é provável que amanha você tenha menos doenças do que aquele que não se cuidou ontem. Se você fizer uma reserva financeira no seu presente, amanhã você estará mais respaldado financeiramente do que aquele que não poupou ontem. Esta engrenagem de ontem > hoje > amanhã é o mistério do te

A IMPORTÂNCIA DAS PALMAS NO TERREIRO - POR EDUARDO DE OXOSSI

A Umbanda é uma religião que embora em seu início, muitos terreiros não tinham o som do atabaque, hoje destaca-se pelo uso dele. As casas que aderiram o atabaque transformaram seus ritos praticamente em  100% musical (Ponto para amaci, ponto de chamada de guia, ponto de sustentação de trabalho, ponto de subida de guias e Orixás, ponto de descarrego, hino da Umbanda, ponto de defumação, ponto de bater cabeça, ponto de coroação, ponto de visitantes, ponto de Ogans, ponto de autoridades, ponto de abertura e fechamento de Jurema, etc). Nossa reza é musical, nossa cura é musical, a quebra de demanda é musical, o casamento é musical, o batismo é musical, trazemos Orixás com música, os guias com música e nos despedimos deles com  música. Neste universo, as palmas são tão importantes quanto a Curimba, as palmas são a extensão do coro, do que está sendo cantado. Infelizmente muitos médiuns e frequentadores da assistência pensam que se bater ou nã