Pular para o conteúdo principal

ORIXÁS E SUAS ERVAS

As ervas para qual cada Orixá respondem podem variar de acordo com cada doutrina de terreiro e fundamento de guias e mentores espirituais. Neste artigo, vamos utilizar os fundamentos do espiritual "Francisco Borges" em seu manual "O poder das ervas, pedras, águas, benzimentos e simpatias", sua reprodução total ou parcial deve ser condicionada a devida referência, bem como o nosso BLOG que articula o conhecimento em outras palavras sob o viés e repertório de seu colunista "Eduardo de Oxossi".



É importante lembrar que a Umbanda tradicional atua com 7 linhas e 14 Orixás, portanto, foi feito uma adaptação da obra inicial para esta releitura, como por exemplo, Oxalufã (Oxalá Velho) e Oxaguiã (Oxalá novo) no Candomblé são ambos Oxalá na leitura da Umbanda. mesmo a Umbanda reconhecendo 14 Orixás, Egunitá, Oxumaré e Oyá aparecem com menor frequencia em cultos de Umbanda Branca e em maior frequência em cultos de Umbandomblé. Em algumas casas Oyá e Yansã são o mesmo orixá e assim por diante. 

Há de ter muito cuidado em recorrer a ensinamentos do Candomblé para uso na Umbanda e vice versa para que a doutrina e formação de fundamentos e métodos não confunda ou atrapalhe a atuação magistica e espiritual. 

ERVAS DE OXALÁ

- Arlecrin do Campo: Muito utilizada para limpeza de estabelecimentos comerciais, casas, terreiros, etc.

- Barba de velho:  Muito utilizada em rituais, obrigações e banho de coroa em filhos de Oxalá.

- Camélia: Por muitos considerada uma erva fria de Oxalá, usada especificamente em rituais amorosos (Casamentos, encantamentos, sedução, etc);

- Carnaúba: Indicada para rituais e banhos de cabeça, inclusive alguns terreiros utilizam vela de cera de Carnaúba para dedicar suas preces a Oxalá.

- Colônia: Erva para banhos de cabeça, Amacis, desenvolvimento mediúnico, limpeza de coroa.

- Erva de bicho: Mesmo sendo de Oxalá é indicada a filhos de qualquer Orixá para limpeza de áurea e de coroa.No Candomblé, quase todas as ervas que se indicam para banhos, também são indicadas como chá para limpeza interna. Na Umbanda isso ocorre com menor frequência, todavia, indicar uso oral ou não impacta em conhecer as propriedades fitoterápicas da planta. Há muitas que são venenosas, indigestas e até abortivas. 

- Eucalipto: Erva de Oxalá para limpeza de coroa e também empregada em rituais de descarrego.

- Fava de Tonca: Quando reduzido a pó pode ser utilizado semelhante ao pó de pemba. Protege contra fluidos negativos, bruxaria e maldades alheias. 

- Girassol (Flor): Tem grande prestígio nos rituais de defumação por ser grande anulador de Egum. É um tipo de recurso generalista usado para defesa, apoio em despacho, prosperidade, abertura de caminhos, etc. Por ser de Oxalá pode ser colocado na coroa em banhos de fortalecimento, limpeza e energização.

- Guapo Cheroso (ou "Coração de Jesus"): Usado em rituais de coroação, limpeza, amacis, etc.

- Hortelã da horta (ou de tempero): Ótima protetora astral, pode ser colocada em banhos corporais ou de coroa. Protege a matéria contra maus espíritos e a cabeça contra maus pensamentos. 

- Malva cheirosa: Indicada para purificação e promoção de saúde.

- Manjericão: Ótimo protetor astral, purificador e ingrediente de rituais de santo.

- Noz moscada: Excelente componente de defumações para purificar ambientes e trazer a prosperidade. Como banho amplia a intuição e o contato com bons espíritos. 

- Rosa Branca: Indispensável para filhos de Oxalá e filhos que estejam em desenvolvimento mediúnico ou médiuns que desejem limpar e fortalecer sua coroa. Erva diretamente ligada a Oxalá.

- Sálvia: Erva utilizada para limpeza, purificação e promoção da saúde.

- Sangue de Cristo: Erva utilizada para limpeza e purificação.

- Tapete de Oxalá (Boldo): Erva para rituais de coroa, limpeza de cabeça, fortalecimento de áurea, limpeza, desenvolvimento mediúnico, etc.


ERVAS DE OXUM

- Bananeira: Muito utilizado para apoiar rituais de entregas e obrigações de santo.

- Canafístula (Chuva de ouro): Usado em descarrego para filhos de Oxum. Na fitoterapia, suas propriedades medicinais combatem dores de Rim.

- Cipó-Chumbo: Utilizado como chá combate tosses e diarréias. Utilizado como pó ajuda na cicatrização de feridas (compressas). 

- Erva Cidreira: Calmante, relaxante, equilibradora.

- Ervas de Santa Maria: Utilizadas para limpeza e fortalecimento de coroa de Oxum.

- Folha da Fortuna: Atrai a prosperidade financeira, novos negócios e caminhos.

- Ipê Amarelo: Utilizado em defumações na linha de Oxum, indicado para limpeza, aumento de magnetismo pessoal, prosperidade, criação de um clima positivo no ambiente, etc. 

- Jasmim: Indicado para limpeza, energização e purificação.

- Mãe-Boa: Erva sagrada de Oxum utilizada em rituais e banhos de limpeza.

- Morango: Utilizado em banhos de sedução e magnetismo pessoal.

- Peregum verde e amarelo: Erva de Oxum e Oxossi. Indicada para sacudimento do lar, estabelecimentos, etc.

- Rosa Amarela: Fortalecimento e limpeza de coroa. Aumenta a intuição e o magnetismo pessoal.


ERVAS DE OXOSSI

- Acácia - Jurema: Banhos de limpeza para filhos de Oxossi.

- Alfazema de Caboclo (ou Jureminha): Usada em defumação em casas e estabelecimentos comerciais de filhos de Oxossi para limpeza e prosperidade.

- Aroeira: Usada para descarrego (banho, defumação, etc).

- Arruda: Usada para descarrego (banho, defumação, etc).

- Capim - Limão: Usada em defumações para atrair bons espíritos a um local.

- Cipó - Caboclo: Usado para banhos de limpeza e descarrego.

- Guiné: Usada para banhos de limpeza e descarrego.

- Peregum verde e amarelo: Erva de Oxum e Oxossi. Indicada para sacudimento do lar, estabelecimentos, etc.

- Samambaia: Usada para limpeza de coroa e desenvolvimento mediúnico.

- Samambaia do Campo: Usada para limpeza e proteção de coroa. 


ERVAS DE XANGO

- Abacate (folhas): Limpeza e descarrego.

- Babosa; Usadas em cozinha ritualística de Xango.

- Ervas de São João: Limpeza e descarrego de filhos de Xango.

- Levante: Usada para recompor a autoestima, motivação, colocar o filho para cima, limpar a coroa, fortalecer a mediunidade, limpeza e energização.

- Mil Homens: Usadas em magias do amor, sedução e magnetismo pessoal. Aproxima pessoas do sexo masculino a vida de uma pessoa.

- Pessegueiro (folhas): Fortalecimento e desenvolvimento mediúnico de filhos de Xango.

- Quiabo: Proteção contra feitiços (comer), cozinha ritualística (entrega), promove a justiça (amalás, papas, misturas e maceração), etc. 


ERVAS DE OGUM

- Abre caminho: abertura de caminhos para filhos de Umbanda independente de santo de cabeça.

- Açoita-cavalo: descarrego em filhos de Ogum.

- Dragoeiro (ou dente de dragão): Limpeza e purificação de coroa.

- Espada de Ogum: Descarrego e proteção.

- Jabuticaba (folhas): Limpeza, purificação e proteção.

- Losna: Limpeza e descarrego.

- Lança de Ogum: Descarrego e proteção. 

- Peri - Peri: Descarrego.

- Sangue-de-dragão: Limpeza de coroa e descarrego na linha de Ogum.


ERVAS DE YANSÃ

- Orquídea Amarela: Limpeza e purificação.

- Para - Raios: Descarrego.

- Espada de Yansã: Descarrego, limpeza e proteção.

- Folha de Uva: Limpeza e fortalecimento.

- Folha de Louro: Caminhos, prosperidade, saúde.

- Folha de Bambu: Descarrego e proteção.


ERVAS DE OBALUAÊ

- Agoniada: Limpeza e purificação para filhos de Obaluaê, em especial perante as doenças.

- Arrebenta Cavalo: Não deve ser usado na cabeça. Serve para limpeza, purificação, descarrego e proteção. Cria um escudo de boas energias e simpatia para o usuário.

- Cebola do mato: apenas uso para cozinha ritualística.

- Hortelã - Brava: Descarrego.

- Guararema: Sacudimento de locais (galhos) na linha de Obaluaê e banho de descarrego (folhas).

- Urtiga - Mamão: Indicada para banhos fortes, em especial para filhos que estejam acompanhado de Eguns e espíritos de pouca luz.

- Folha de Mamona: Usada em cozinha ritualística (inclusive de Exu).


ERVAS DE NANÃ

- Gervão: Erva sagrada de nanã. Limpeza de coroa.

- Palha da Costa: Limpeza e rituais.

- Avenca: Limpeza e purificação.

- Folha de beringela: Limpeza e purificação.

- Lírio do Brejo: Limpeza e proteção.  


ERVAS DE YEMANJA

- Araçá - de - areia: Descarrego para filhos de Yemanjá, Oxum, Nanã, Oxumarê e Yansã. 

- Araticum-de-areia (Malolô): Descarrego.

- Erva de Santa Luzia: Banho de descarrego e limpeza.

- Pata de vaca: Descarrego.

- Malva Branca: Fortalecimento mediúnico e limpeza.

- Salsa da Praia: Limpeza, proteção e purificação. 

- Camomila: relaxante, limpeza, calmante, aguça intuição e contato com bons espíritos. 


ERVAS DE EXU E POMBA GIRA

- Amendoeira: Sacudimento com galhos de amendoeira em comércio ajudam a trazer mais lucro, cliente e prosperidade.

- Amoreira: Usada no culto e trabalho com Eguns.

- Arruda: Os caules da arruda são de Exu. Combatem mau olhado, inveja, servem para descarrego, etc. 

- Figueira do Diabo: Reservada para limpeza dos itens de assentamento de Exu.

- Cana de açúcar (folhas): defumação destroem eguns e espíritos de baixo nível.

- Canela: Geralmente usado por pomba - giras para prosperidade.

- Dama da noite: limpeza e proteção.

- Fedegozo (Crista de Galo): Banho forte de descarrego.

- Figo-do-inferno: As folhas são ervas sagradas de Exu.

- Jurema Preta: Descarrego.

- Mamona (folhas): No Candomblé servem principalmente para arriar Ebó, na Umbanda servem para cozinha ritualística e descarrego.

- Mangueira: Descarrego.

- Pinhão Roxo: Desfaz trabalhos de magia negra.

- Comigo ninguém pode: Retira mau olhado e energias negativas do ambiente (planta e defumação). 

- Rosa vermelha: Usado por pomba giras para banhos de sedução, amor e abre caminho.

- Semente de mamona: Erva ligada ao mistério de Exu Mirim.

- Casca de bananeira: Erva ligada ao mistério de Exu Mirim.











Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

TRABALHOS COM CABEÇA DE CERA NA UMBANDA

INTRODUÇÃO A Cabeça é o lugar mais sagrado para o Umbandista. É ali que vive o seu Ori, sua coroa, sua mente, seu cérebro, o início dos seus chacras, etc. Trabalhos com cabeça de cera devem ser feitos por pessoas experientes e fundamentadas. Na dúvida sobre o que ou como fazer, sempre consulte o pai de santo de sua confiança.  CABEÇA DE CERA PARA OXUM: PEDIDOS E PROMESSAS Oxum (Nossa senhora de aparecida) é muito conhecida por receber cabeças de cera em seus trabalhos, seja ele para amor (embora a Umbanda em si seja contra trabalhos de amarrações) ou para outros pedidos.  Em São Paulo está localizado o Santuário de Aparecida do Norte. Lá é recebido diariamente muitas peças de cera em pedido ou agradecimento de graças alcançadas por seus fiéis.  Podemos fazer cabeça de cera para cura, para melhorar os pensamentos, clarear as ideias, etc.  CABEÇA DE CERA COM YEMANJÁ: CALMA, LIMPEZA E DISCERNIMENTO.  Yemanjá é a mãe de todos. Este trabalho é indicado para ac

VELAS E SUAS DEFORMAÇÕES: "MINHA VELA BORRADA, O QUE ISSO QUER DIZER?"

INTRODUÇÃO A Umbanda é uma religião que trabalha com energia, portanto, ela pode se movimentar de ponta a ponta, de forma neutra ou intencionada. Sendo intencionada, podemos identificá-la como positiva ou negativa, recebida ou negada, desviada, redirecionada, etc. Se formos olhar a definição de dicionário, "energia" nada mais é do que a capacidade de um corpo, objeto ou molécula realizar seu trabalho. Se formos pensar em "energia de vela", seria a capacidade que a vela tem de executar o seu trabalho (quebra demanda, proteção, maldade, reversão, desvio, anulação, potencialização, cobrança, correção, direcionamento, etc).  Muitas pessoas que acendem velas se perguntam: "Olha como minha vela ficou", o que isso quer dizer? Para responder essa pergunta primeiro é necessário levantar quais variáveis borram uma vela. Sua vela pode borrar por estar exposta ao vento (ventilador, janela aberta, porta aberta, alguém que passou correndo, etc), pode

MAGIAS COM MAÇÃ NA UMBANDA

A maçã é uma fruta afrodisíaca com diversos benefícios para o organismo humano. Ela combate o envelhecimento, ajuda no controle do hálito, controle de diabetes (por ser rica em pectina), controle do colesterol, etc. No geral, frutas com a polpa branca, como maçã e pera, podem reduzir o risco de uma pessoa sofrer um acidente vascular cerebral (AVC). Esta é a conclusão de um estudo feito pela Universidade de Wageningen, na Holanda, em que foram acompanhadas 20.069 pessoas, entre as idades de 20 e 65 anos.  A pesquisa levou dez anos para ser desenvolvida. Após este período, os pesquisadores viram que as pessoas que mais comiam alimentos de polpa branca de frutas e legumes tinham 52% menos chances de ter um AVC. Apesar de deixarem claro que é preciso ter mais estudos para confirmar as descobertas, os estudiosos afirmam que o consumo de uma maçã por dia, reduz o risco em cerca de 40% (Fonte: Ciclovivo.com.br). A Maçã ainda é indicada para combater problemas respiratórios