Pular para o conteúdo principal

MANDALA DA JUSTIÇA: MAGIA COM XANGO, OXALÁ, OGUM E YANSÃ!

Mandala é o termo empregado para designar um diagrama composto de formas geométricas concêntricas, geralmente oriundas do Hinduísmo, Budismo, práticas Psicofísicas, práticas de Yoga, práticas de meditação (em especial colocando-as como ponto focal para manipulação ou concentração de energia), enfim, há inclusive estudiosos que acreditam que as mandalas sejam a representação do homem no mundo e na relação entre eles. 

Na psicologia, em especial para Jung (Pai da psicologia analítica), a mandala pode representar um círculo total para a manifestação do eu, do ego, do consciente e do inconsciente. A Mandala é uma palavra de origem Sânscrita (Idioma Hindu) e significa "círculo". É a relação geométrica entre o homem e o cosmo, entre o homem e o universo, entre o homem e as energias a sua volta. 

A mandala acompanha civilizações desde as mais antigas às atuais. Esteve presente nas mãos de bruxas, magos, feiticeiros e hoje é possível ver a sua utilização dentro dos rituais de Umbanda, em especial, no manejo de guias que costumam usar a pemba para fazer pontos riscados de magia no chão, nas paredes e até mesmo no corpo de pessoas. Os guias e mentores podem usá-la ainda para abertura de portais, transporte de energias, anulações, emantamentos, potencializações, etc. Embora, o uso de mandala não se limite apenas a religião. A mandala está presente na arte, na literatura, na arquitetura, na terapia e em diversos outros campos de ciências. 

Mandala é uma espécie de "Yantra", ou seja, um emblema, um instrumento, que em diversas línguas e nações pode ser traduzida como "círculo". Ela é um elemento milenar que estuda, traduz e representa o ser humano e quem nos rodeia. Sua utilização está voltada a diversos fins, entre eles, promoção da saúde, abertura de caminhos, manipulação de energias, evolução, mudança de pensamentos, descarga de energias negativas, etc. Na Umbanda, ela pode ser usada e ensinada por um guia como instrumento e ferramenta de trabalho, como veremos no exemplo abaixo. 

MANDALA DA JUSTIÇA


Autor: Baiano Zé Dizidério. Certa vez ao estar com problemas de injustiça em minha vida, tive a orientação deste Baiano quando me submeti a um passe. Alguns anos depois, ao me tornar estudioso de mandalas e cabalas, acabei me aprofundando no fundamento. 

Objetivo: Ajudar pessoas que estão com problemas na justiça, que estão sofrendo algum tipo de transtorno ou perseguição. 

Modo de preparo: Risque no chão com pemba marrom a mandala acima. 1 (Vela Marron para Xango), 2 (Vela vermelha para Ogum), 3 (Vela Vermelha para Yansã) 4,5,6 e 7 (Vela branca para as almas iluminadas).

Fundamento: O Círculo representa um portal que será aberto para a magia. O triângulo representa a lei, o certo e o errado. A Cruz representa a santíssima trindade (Pai, filho, espírito e santo), o aval e a permissão de Oxalá para a coerente justiça de Xango. As flechas representam a expansão, a busca, a movimentação (são delegadas às almas que executarão a sentença sob ordem de Ogum e sob o movimento de Yansã). Diz em Umbanda que Exu responde a Ogum e os Eguns à Yansã. A presença das Almas sob ordem destes Orixás representam "quem vai cumprir" o serviço e desatar os nós. As estrelas representam o universo, o infinito, o vigor, o brilho, o movimento, a força para execução da lei maior (Yansã e Ogum). Peça com toda sua fé e abra seu coração para o pedido. Quanto mais forte for o seu pensamento, mais força é investida na magia. 

Potencializador da mandala: Colocar 12 quiabos (retirando suas pontas e as cabeças) como se fosse uma analogia aos raios do sol em volta da mandala e um copo de água na ponta superior do triângulo pode potencializar sua mandala. Depois que as velas queimarem, você pode despachar o conteúdo em uma praça que tenha pedras e terra.    





      

Comentários

  1. Olá
    TD bem ?
    Por favor, gostaria de orientação na distribuição das velas.
    Obrigado

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

TRABALHOS COM CABEÇA DE CERA NA UMBANDA

INTRODUÇÃO A Cabeça é o lugar mais sagrado para o Umbandista. É ali que vive o seu Ori, sua coroa, sua mente, seu cérebro, o início dos seus chacras, etc. Trabalhos com cabeça de cera devem ser feitos por pessoas experientes e fundamentadas. Na dúvida sobre o que ou como fazer, sempre consulte o pai de santo de sua confiança.  CABEÇA DE CERA PARA OXUM: PEDIDOS E PROMESSAS Oxum (Nossa senhora de aparecida) é muito conhecida por receber cabeças de cera em seus trabalhos, seja ele para amor (embora a Umbanda em si seja contra trabalhos de amarrações) ou para outros pedidos.  Em São Paulo está localizado o Santuário de Aparecida do Norte. Lá é recebido diariamente muitas peças de cera em pedido ou agradecimento de graças alcançadas por seus fiéis.  Podemos fazer cabeça de cera para cura, para melhorar os pensamentos, clarear as ideias, etc.  CABEÇA DE CERA COM YEMANJÁ: CALMA, LIMPEZA E DISCERNIMENTO.  Yemanjá é a mãe de todos. Este trabalho é indicado para ac

VELAS E SUAS DEFORMAÇÕES: "MINHA VELA BORRADA, O QUE ISSO QUER DIZER?"

INTRODUÇÃO A Umbanda é uma religião que trabalha com energia, portanto, ela pode se movimentar de ponta a ponta, de forma neutra ou intencionada. Sendo intencionada, podemos identificá-la como positiva ou negativa, recebida ou negada, desviada, redirecionada, etc. Se formos olhar a definição de dicionário, "energia" nada mais é do que a capacidade de um corpo, objeto ou molécula realizar seu trabalho. Se formos pensar em "energia de vela", seria a capacidade que a vela tem de executar o seu trabalho (quebra demanda, proteção, maldade, reversão, desvio, anulação, potencialização, cobrança, correção, direcionamento, etc).  Muitas pessoas que acendem velas se perguntam: "Olha como minha vela ficou", o que isso quer dizer? Para responder essa pergunta primeiro é necessário levantar quais variáveis borram uma vela. Sua vela pode borrar por estar exposta ao vento (ventilador, janela aberta, porta aberta, alguém que passou correndo, etc), pode

MAGIAS COM MAÇÃ NA UMBANDA

A maçã é uma fruta afrodisíaca com diversos benefícios para o organismo humano. Ela combate o envelhecimento, ajuda no controle do hálito, controle de diabetes (por ser rica em pectina), controle do colesterol, etc. No geral, frutas com a polpa branca, como maçã e pera, podem reduzir o risco de uma pessoa sofrer um acidente vascular cerebral (AVC). Esta é a conclusão de um estudo feito pela Universidade de Wageningen, na Holanda, em que foram acompanhadas 20.069 pessoas, entre as idades de 20 e 65 anos.  A pesquisa levou dez anos para ser desenvolvida. Após este período, os pesquisadores viram que as pessoas que mais comiam alimentos de polpa branca de frutas e legumes tinham 52% menos chances de ter um AVC. Apesar de deixarem claro que é preciso ter mais estudos para confirmar as descobertas, os estudiosos afirmam que o consumo de uma maçã por dia, reduz o risco em cerca de 40% (Fonte: Ciclovivo.com.br). A Maçã ainda é indicada para combater problemas respiratórios