terça-feira, 15 de agosto de 2017

BANHO DE CEBOLINHA: ENERGIA E DISPOSIÇÃO - POR EDUARDO DE OXOSSI


A Cebolinha, ou erva que compõe o Cheiro verde é um alimento rico em vitaminas A, B e C, que além de atuar como anti-inflamatório e estabilizador do sistema imunológico, principalmente para doenças degenerativas no organismo, temperar diversos pratos da família brasileira pode ainda, ser usado como banho nos ritos de Umbanda.

Ele me foi passado através do Caboclo Flecheiro de Aruanda, mas pode e provavelmente já tenha sido passado por outros guias em outras casas, pois o conhecimento do plano espiritual é muito maior que o guia daqui ou dali. 

Na doutrina desta casa, este banho foi indicado como estimulador natural, ou seja, promove energia para aqueles dias de canseira. Com o senhor flecheiro eu já havia tido a experiência de ralar a casca de mexerica como uma outra opção de estimulante natural. Decidi experimentar o banho de cebolinha e o efeito foi o mesmo, senti uma disposição imediata, em especial para os meus estudos e leituras.

Faça-o macerando as ervas picadas (inclusive os bulbos) consagrando o banho para que a linha de caboclos da mata tragam energia, força e disposição para seus afazeres. Pode tomar o banho de cabeça, preferencialmente em uma quinta-feira. 

Na dúvida sobre como proceder com banhos de ervas, procure o terreiro de sua confiança e esclareça suas dúvidas com o seu pai/mãe de santo. Na dúvida sobre quem pode comer, com qual frequência e intensidade, consulte uma nutricionista ou médico. A Umbanda auxilia no tratamento de doenças, mas sua atuação na ingestão de alimentos não pode estar acima dos profissionais de saúde (vide cuidados com grávidas, hipertensões, diabetes, afins).

Umbanda é coisa séria para gente séria. Haja com responsabilidade!

Asé!    

domingo, 13 de agosto de 2017

BANHO PARA MUDANÇAS DE COMPORTAMENTO - POR EDUARDO DE OXOSSI

INTRODUÇÃO

Você já percebeu que tem alguns comportamentos que são bem difíceis de mudar? Seja um viciado em drogas, seja uma obesidade descontrolada, seja uma língua traiçoeira, seja a dificuldade de colocar em prática fora do terreiro o que aprendemos dentro, seja a falta de força de vontade que deixa uma pessoa repetindo seu comportamento nos mesmos erros, seja na obsessão, etc. Este texto traz 5 opções de ervas com excelentes propriedades energéticas para mudança de comportamento. 

Podemos usá-las uma por dia consagrando-as conforme nosso merecimento, podemos fazer o banho com as cinco ervas de uma vez, pode jogá-las na cabeça (embora isso dependa diretamente da doutrina da casa que você frequenta). Na dúvida sobre como proceder com banho de ervas, procure o terreiro de sua confiança.

ERVAS QUE AUXILIAM NA MUDANÇA DE COMPORTAMENTO



Cipó Caboclo: Erva expansora ligada a Oxossi, todavia, na Umbanda, não é exclusiva para filhos de Oxossi. Diferente do Candomblé onde filhos de santo se concentram no uso de instrumentos e preceitos do seu Orixá, a Umbanda, em especial a vertente de Umbanda Sagrada é mais flexível para esta questão, pois acredita que todos nós precisamos da vibração de todos os Orixás. Esta erva traz energia para expandirmos algo em nossas vidas (um ramo do conhecimento, nosso patrimônio, nossa mediunidade, nossa atuação, nossa força, etc). Para Adriano Camargo ela está associada a Oxossi e Obá, sendo por este segundo Orixá também pode auxiliar a concentração e o foco de objetivos.



Folha de pitanga: Uma poderosa folha para movimentar energias paradas. Indicada para pessoas que precisam tomar decisões, precisam de estímulo para mudar de comportamento, pode portanto, ser indicada para mudança de situações difíceis (Vícios, situações que exigirão grande esforço físico ou mental, etc). 



Poejo: Uma folha da família das mentas com forte poder estimulador, exitante, energético, portanto, indicado para combater preguiça, canseira e tristeza. 



Losna: Adriano Camargo (Erveiro) a classifica como erva de Yansã e Oxumare, nestas vibrações ajudam a trazer movimento, em especial para demandas que exigem atenção do trono feminino da lei e do trono masculino do amor ("Vertente de Umbanda Sagrada"). Essa erva tem forte propriedade movimentadora, transformadora e estimuladora. 



Abre caminho: uma das ervas mais populares para quem quer prosseguir em um caminho, procura um novo caminho ou precisa de ajuda para abri-lo. Excelente erva indicada para mudanças de caminhos. 

CONCLUSÃO

Embora a mudança de comportamento seja difícil, é necessário lembrar que estas ervas trazem uma atuação movimentadora para estimular a nossa vontade, nosso livre arbítrio para que as mudanças também sejam de fato uma vontade nossa. 

As ervas não vão mudar ninguém que não queira ser mudado. São ervas indicadas para pessoas que querem mudar, reconhecem seu problema, mas por alguma força maior não estão conseguindo se libertar para um novo repertório.

A verdadeira mudança tem que começar de dentro para fora, dentro de nossas cabeças e consciente de quem somos, o que estamos fazendo com as nossas vidas, quais as consequências dos nossos atos para com os outros e se queremos mudar. O guia espiritual (Baiano, Exu, etc) está ali para orientar, para auxiliar e não para mudar tudo por você. Pense nisso! 

sexta-feira, 11 de agosto de 2017

FALSOS XANGOS? NEM TODA GORDINHA (O) É DE XANGO!

INTRODUÇÃO



Ser filho (a) de um orixá é uma grande honra, dádiva e missão. Somos escolhidos por eles e com isso, sua irradiação passa a ser presente em nossas vidas. A identificação do orixá varia de casa para casa, no geral: pode ser dado pelos dirigentes da casa, pelo jogo de búzios, por cartas e outras formas de confirmar o sagrado. 

No meio do caminho há alguns equívocos como acreditar que só porque a (o) médium é obesa ou está com sobrepeso, ela (e) é de Xango. Nos comportamos de determinada maneira e adquirimos certas características de personalidade por influência do orixá, mas isso não quer dizer que tudo é culpa dele, pelo contrário, o Orixá quem nos dá força para evoluirmos.

A energia que um Orixá emana e coincide com a forma de ser, de se comportar, de personalidade de uma pessoa está ligada ao seu "arquétipo".  

O QUE É ARQUÉTIPO?
É o tipo de personalidade, traço ou comportamento que uma determinada pessoa tem quando sob irradiação de um determinado Orixá. Dizemos que a pessoa que tem tal Orixá de cabeça tende a ser mais desta forma e menos de outra.

É claro que este assunto é muito amplo e polêmico, pois estas características ainda sofrem variações de casa para casa. Para saber mais sobre os arquétipos dos Orixás ou como são os filhos de cada Orixá Clique aqui!

COMO SÃO OS FILHOS E FILHAS DE XANGO?



Estrutural: Advogar, autocontrole, justiça, pensamento, reflexão, analise, relacionamento, determinação, paciência, persistência, criatividade, liderança, realismo, cultura, organização, senso político, responsabilidade, honestidade, ética, moral e nobreza.

Dinâmico positivo: Neutralidade, imparcialidade, senso de dever, exatidão, empatia, altruísmo, obstinação, democracia, capacidade para ouvir, organização, praticidade, honestidade e dignidade.    

Dinâmico Negativo: Obesidade, injustiça, preguiça, procrastinação, lentidão, introversão, medo (em especial da morte e lugares ligados a ela), fobias, canseira, vingança, infidelidade, meticulosidade, grosseria, ostentação e instabilidade. 

CONCLUSÃO

Sabemos que a maioria dos filhos de Xango são "cheinhos", mas isso não quer dizer que toda pessoa é de Xango porque é desta maneira. Conheço muitas pessoas que no seu dia-adia não tem nada haver com Xango, se comportam quase como uma Yemanja, um Oxumaré ou um Ogum e ganham cabeça de Xango por não serem magros. 

Um outro exemplo é que filho de Xango teme a morte, fica longe de cemitério e a filha que se diz de Xango não sai do cemitério. Ou Uma filha que sai da casa de santo e derrama toda sua INGRATIDÃO sobre seus irmãos, enfim, imagine alguém que de certinho na sua vida não tenha nada, usa a religião para seu egoismo, não paga as pessoas, é aproveitador, ou seja tudo o que é inverso de Xango, como pode ser filha (o) deste lindo e belo Orixá? 

Esse assunto dá pano para manga, ao querer saber qual é o Orixá da sua coroa, o primeiro passo é entender a doutrina da sua casa e como esse processo se dá. Não escolhemos o Orixá de cabeça por achismo ou porque achamos aquele mais legal que o outro. Um Orixá de cabeça é escolhido pela missão que você tem nesta vida. 

Um outro passo é observar se o que a gente faz no dia-a-dia, se a forma que nos comportamos tem de fato ligação com Orixá, caso contrário, pode ser feita uma coroa vazia e sustentada de aparência.  

INDICAÇÃO DE LEITURA DE ORIXÁS DE CABEÇA EM UMBANDA SAGRADA


 

CHARGES DE FACEBOOK QUE FAZEM PIADAS AO FATO DOS FILHOS DE XANGO SEREM GORDINHOS



Para ser filho de Xango não basta ter PESO, é preciso ser Justo. E quem é justo sabe a hora de reconhecer seus erros antes de querer apontar o do outro.  



segunda-feira, 7 de agosto de 2017

NOMES DE EXU MIRINS NA UMBANDA

A linha de Exu Mirim de Umbanda é diferente do Candomblé. O Candomblé segue nações (Ketu, Gêge, Nago) e como tal, sua doutrina antecede a Umbanda (religião criada posteriormente). No Candomblé essa linha atua junto com exus e seu nome geralmente acompanha o Exu de cabeça do médium, ou seja, para um filho de Exu Caveira, o mirim pode ser chamado de caveirinha, para uma filha de Pomba Gira Cigana da Calunga, pode ser por exemplo, a mirim ciganinha da calunga. 



A Umbanda é uma religião 100% brasileira que se utiliza de conceitos de outras religiões como as religiões indígenas, o espiritismo, o catolicismo, etc. Podemos ter nomes oriundos do catolicismo (Joaozinho da calunga, mariazinha do cruzeiro, etc), afrodescendentes ou ligados ao mistério de Exu/Pomba Gira (Brasinha, estradinha, calunguinha, encruzilhadinha, etc). A Umbanda permite essa flexibilidade em virtude da sua formação doutrinária e teológica ser diferente do Candomblé. 


Muitas coisas do Candomblé servem para Umbanda, mas poucas coisas de Umbanda servem para o Candomblé. Por isso é importante não misturas as coisas. Na dúvida, sempre procure o pai de santo de sua confiança.

NOMES DE EXU MIRIM E POMBA GIRA MIRIAM

Exu mirim Brasinha
Exu mirim Estradinha
Exu mirim Para - Raio
Exu mirim Caveirinha
Exu mirim Joãozinho da Calunga
Pomba gira mirim Mariazinha da Calunga
Exu Mirim Catatumbinha
Exu mirim Calunguinha
Pomba gira mirim Rosinha Caveira
Exu mirim Lodinho
Pomba gira mirim Mulambinho
Pomba gira mirim Farrapinho
Pomba gira mirim sete rosinhas
Pomba gira mirim ciganinha da calunga
Pomba gira mirim mariazinha das almas
Pomba gira mirim mariazinha da praia
Exu mirim pimentinha
Exu mirim cruzeirinho
Exu mirim sombrinha
Pomba gira mirim Rosa menina
Exu mirim da campina
Exu mirim gatinho
Exu mirim toquinho
Outros.

domingo, 6 de agosto de 2017

ERVA DE BICHO NA UMBANDA: 7 MAGIAS QUE COMBATEM DE DOENÇAS FÍSICAS - POR EDUARDO DE OXOSSI


Sabemos que quando o assunto é saúde nenhuma religião está acima do médico. É apenas este profissional que tem instrumentalização para atuar com as causas físicas, todavia, algumas doenças, em especial aquelas que a medicina não acha uma causa empírica pode estar associada a um problema psicológico (psicossomática) ou espiritual (para aqueles que acreditam no sobrenatural).  

A Umbanda e outras religiões tem se mostrado eficazes no tratamento associado a medicina para cura de doenças, seja potencializando a fé, seja potencializando o poder da medicação, seja removendo energias negativas envolvidas na doença, seja dando força e energia para o consulente. 

Entre estas atuações, queremos destacar a "erva de bicho", uma poderosa erva quente cuja uma das funções energéticas é agir análogo a um solvente. Seja para energias negativas ou para energias ligadas a doenças físicas. 

SUGESTÃO DE MAGIAS COM ERVA DE BICHO PARA COMBATE DE DOENÇAS ATRAVÉS DA UMBANDA

1) Banho

Um dia sim, um dia não até que some sete dias de banho com a erva, faça o banho macerando-o e ativando-o pedindo que Yemanjá leve as doenças físicas para o fundo do mar, que Nanã Buruque congele o avanço da doença e que Oxossi expanda a força e vitalidade do doente. 

Observação: Se a pessoa tem doenças de pele, não é indicado tratamento com banhos, pois pode acontecer alguma reação alérgica. Em todo caso, o médico pode ser consultado. Um tratamento religioso deve vir para agregar valor ao tratamento médico e não para prejudicá-lo.

2) Garrafada

Coloca-se o nome do doente de um lado do papel e a doença de outro. Coloca este papel em uma garrafa com água do mar (yemanjá) e água da chuva, poço ou mangue (Nanã) e erva de bicho. Todos os dias o consulente mexe a garrafa chacoalhando-a pedindo que Yemanjá e Nanã tragam-lhe a cura como trouxeram para senhor Obaluaê. 

Nosso corpo é feito de 70% de água. A ideia de ter uma garrafada com erva de bicho é transferir a energia do doente para este objeto. Depois de 21 dias, despachar o conteúdo em água corrente para que a doença se vá!

Ótima opção quando o consulente não é da religião, mas alguém pede ajuda para que rezemos no combate de sua doença. Quando a pessoa não puder nem chacoalhar uma garrafa, a pessoa mais próxima do seu convívio pode fazer por ela. 

3) Sacudimento com erva de bicho

Médiuns de passe podem usar com ou sem o processo de incorporação a erva de bicho para realizar sacudimento no consulente ou casa que está impregnada a doença.  

Uma ótima opção de magia quando a pessoa está inclusive carregada ou foi alvo de demanda de magia negra.

4) Defumação de erva de bicho

Podemos defumar a casa onde fica e o próprio doente para que a fumaça da erva dilua as energias negativas de doença que estejam pelo ar, pelo perispírito da pessoa ou em sua casa.

Uma ótima opção de magia quando todo mundo que passa por uma determinada casa adoece. As vezes o problema pode não estar na pessoa. 

5) Quartinha de Nanã com erva de bicho

Pega-se uma quartinha de barro, coloca-se água de chuva ou turva de outra natureza, coloca-se erva de bicho e o nome da pessoa doente. Pede-se a Nanã buruque que congele esta doença.

Boa indicação para quem tem câncer. 

6) Patuá de erva de bicho

Quando alguém está internado, uma ótima opção é pedir aos guias espirituais que façam um patuá com erva de bicho para levar ao doente. Ela congela e impede que doenças físicas se espalhem e ainda atua dissolvendo energias negativas. 

7) Cama com erva de bicho

Algumas pessoas são liberadas do hospital para casa (mesmo doentes). Colocar embaixo da cama a erva de bicho pedindo a Nanã, Yemanjá e Oxossi que tragam conforto e libertação do doente conforme o seu merecimento pode ajudar a controlar as doenças impedindo que energias negativas do astral se aproxime do doente.

Observação: Diferente da cama de mamona que é usado por alguns terreiros para ajudar pessoas a fazer a passagem, esta magia não é indicado para doentes em fase terminal ou sob cuidados paleativos, pois não nos cabe prende-lo se estiver prestes a fazer a passagem, muito menos tentar postergar seu sofrimento em terra. Essa é uma erva de controle de doenças, como tal, só deve ser ativada e escolhida se o consulente de fato necessitar deste tipo de ajuda.    

Conclusão

Saúde x doença é uma questão delicada, em especial aqueles que levam a morte, pois beira aspectos como a carga e missão deste sujeito, o que ele tem que passar, a vontade do pai maior, etc.

O tratamento espiritual demanda fé, consagração, cuidado e muito estudo. As vezes o que serve para um não serve para outro, a escolha da magia vai depender do que a pessoa está passando inclusive se ela tem merecimento para receber o tratamento.

Sempre que fizer magia em  prol da saúde de alguém, peça ao nosso pai maior que lhe ampare e que dentro da vontade dele, que o mesmo permita a atuação da magia. Na dúvida sobre como proceder com magias de erva de bicho sempre consulte o terreiro de sua confiança.  

Indicação de leitura e base de estudo sobre erva de bicho

"Rituais com ervas, banhos, defumações e benzimentos" de Adriano Camargo, editora Livre expressão.

Base das magias descritas

As magias descritas neste artigo são intuições enviadas pelo Caboclo Flecheiro de Aruanda, caboclo que atua com o administrador do blog.
  

sexta-feira, 4 de agosto de 2017

MAGIA DE GARRAFA PARA ERE NA UMBANDA


INTRODUÇÃO

A linha de crianças na Umbanda é sincretizada por Cosme e Damião.

Os Santos Cosme e Damião foram irmãos gêmeos que viveram por volta de 300 d.C. Estudos indicam que eram médicos que exerciam sua profissão sem cobrar por isso, ou seja, faziam por amor e caridade.

Algumas histórias podem contar o sincretismo incluindo mais um irmão: Doum. Na Igreja Católica sua festa é celebrada no dia 26 de setembro, de acordo com o atual Calendário Litúrgico Romano do Rito Ordinário, e no dia 27 de setembro, pelo Calendário Litúrgico Romano do Rito Extraordinário.


Em Igrejas Ortodoxas as datas festivas podem aparecer no dia 1 de novembro e também em 1 de julho pelos ortodoxos gregos. Nas religiões afro-brasileiras, em especial a Umbanda, são sincretizados como entidades infantis (êres, Ibejis, crianças) e são festejados em 27 de setembro.

Esta linha carrega em si uma magia muito grande e não pode ser limitada apenas às festas anuais de Cosme e Damião. Há de se entender o papel da linha de crianças na Umbanda, o que ela carrega, o que representa e como atua. 

Essa magia que estamos ensinando é perfeita para fazer algum pedido a linha de crianças, mas lembre-se que o que você pede a elas deve ser muito claro e jamais devemos faltar a promessa feira a elas. 

INGREDIENTES E PREPARO

Em uma garrafa coloque:

Seu pedido
7 Balas de coco
7 Balas sortidas coloridas

Repita a ordem até completar a garrafa. Coloque-a em seu altar de direita ou deixe em algum local da casa que ninguém mexa. Peça com fé a linha de crianças que corra gira para atender o seu pedido e que você seja merecedor (a) de receber. 

Quando conseguir abra a garrafa e entregue os doces em uma praça (a garrafa pode ser jogada no lixo). Você pode ainda prometer algo à linha de criança, como por exemplo, "se eu conseguir tal coisa, vou fazer uma doação a um orfanato".

Não que essa linha troque pedidos por entregas, é de se ter sempre em mente quem sem merecimento, nenhuma magia se faz. Na dúvida sobre como proceder, procure orientação com o terreiro de sua confiança.    

quinta-feira, 3 de agosto de 2017

BANHO DE 7 ERVAS DE UMBANDA SAGRADA PARA ABERTURA DE CAMINHOS - POR EDUARDO DE OXOSSI

INTRODUÇÃO

Caminho fechado é aquele cujas forças espirituais atuam de forma negativas para que nada dê certo. Para este tipo de situação o ideal é tratamento espiritual no terreiro de sua confiança e banho de ervas quentes (descarrego). 

Os banhos de prosperidade, banhos de abertura de caminhos são aqueles que potencializam nosso organismo para que as coisas deem certo, funcionam como um combustível para que possamos ir em busca das nossas metas e ideais. 

É importante salientar que de nada adiantam os banhos se o usuário não for merecedor do que vai pedir. O plano espiritual é muito sábio e organiza tudo da melhor forma possível. "Quem não aprende pelo amor, aprende pela dor".

Na dúvida sobre como proceder com banho de ervas, siga a doutrina e fundamento da casa que você frequenta. Este banho é fundamentado na "Umbanda Sagrada" e na Obra de Adriano Camargo: "Rituais com ervas, banhos, defumações e benzimentos" da editora Livre Expressão.

ERVAS E PREPARO

Em um grande recipiente misture:

Folhas de Samambaias: Erva morna equilibradora ligada a Oxossi é um grande expansor natural. Pediremos a sua atuação divina para que expanda suas qualidades comportamentais.



Abre Caminho: Erva morna equilibradora ligada a Ogum e Oxossi. Ela traz visão e movimento para os caminhos que se apresentam a nossa frente. Para onde queremos ir? Como mereceremos chegar até lá? Etc.


Tomilho: Erva específica para atrair energias de uma vida prospera.


Erva moeda: Erva específica para atração de recursos financeiros.


Tapete de Oxalá: Erva morna equilibradora ligada a Oxalá. Usaremos, pois ela é um ótimo purificador do chacra cronário, fortalece a auto-confiança, afasta a tristeza e uma pessoa para se dar bem na vida precisa estar bem com ela mesma.  


Louro: Erva morna equilibradora com ótima energia para construir, incentivar, fazer crescer, fazer prosperar, atrair, etc. Para Adriano sua natureza é de Oxalá e Oxossi, no nosso terreiro também atribuímos-a à Yansã. 


Jasmim Manga: Erva específica para auto-estima, alegria, contato com bons sentimentos, facilita realização pessoal, força de vontade e motivação.



CONSAGRAÇÃO

Faça sua consagração pedindo ao pai maior e aos nossos sagrados Orixás que abençoe este banho, macere as ervas em água morna e pode tomá-lo da cabeça aos pés. Ascenda uma vela de sete dias para Oxossi e uma para Ogum pedindo aos senhores do caminho (direita) que lhe guiem para veredas tranquilas e prósperas.