Pular para o conteúdo principal

BATIZADO NA UMBANDA

INTRODUÇÃO



O Batismo é o primeiro sacramento cristão onde a pessoa apresentada à Deus apaga seus pegados anteriores, simbolicamente ela deixa para trás sua vida pagã / pecados e renasce sendo portanto um "Cristão", uma pessoa que seguirá a doutrina daquela religião (Dez mandamentos, 7 pecados capitais, a Bíblia, etc).

Todavia, o "Batismo" não é exclusivo dos Católicos ou Cristãos. A Igreja evangélica como uma outra forma Cristã segue o batismo, a Umbanda com matriz católica segue um batismo, o Candomblé pode-se fazer uma analogia de que quando a pessoa sai do Roncó renascendo para o orixá, se faz um batismo e assim por diante. 

Batizar-se é o mesmo que ser apresentado a uma divindade e como um adepto de determinada religião ou seita. Na Faculdade diz-se que o estudante mais novo, vulgo "bicho" ou veterano tem que passar por um trote ("batismo") para ser aceito naquela sociedade. 

O Batismo é algo que está presente na sociedade muito antes de Cristo. Só faz sentido realizar o batismo em determinada religião, se aquela pessoa vai seguir seus ritos e dogmas, em outras palavras, não há necessidade de um Católico se batizar na Umbanda ou um Umbandista se batizar na igreja. 

Devemos nos batizar na religião que acreditamos e não "por obrigação". Procurar um batismo para si mesmo ou para nossos filhos é estar de acordo com tudo que aquela religião representa. É ser apresentado às suas divindades e reconhecê-las como salvador (a). 

ELEMENTOS USADOS EM BATISMO

Água: O elemento mais utilizado para batismos nas religiões é a água. Falando por Umbanda, a água é elemento de Yemanjá (Mãe das cabeças), de Oxum (vida) e de Nanã (Maturidade). É com á água que se consagra a vida, que se limpa a cabeça, que se purifica um Ori (elemento sagrado da nossa coroa). Em algumas igrejas faz-se a imersão da pessoa na água (só a cabeça, corpo inteiro, dependendo da doutrina) para que simbolize este "renascimento". 

Sangue: Embora presente com maior frequência em religiões de magia negra (Quimbanda, Satanismo, outras), muito sangue foi derramado "em nome de Deus", em sacrifícios pagões, etc.

Óleos: Presentes até hoje não apenas em batizados, mas outros ritos como fechamento de corpo, coroações, etc. Óleos são sagrados em diversas religiões e seu fundamento está diretamente ligado ao material que é produzido (Olivas, Alecrim, etc). 

Pemba: Muito utilizada em rituais de Umbanda, a pemba tem a função de ativar magias através do pó, do ar, ou seja, serve tanto para riscar pontos magísticos na pele como tenta se propagar pelo espírito, demarcando-o como membro desta religião.

Panos: Panos, em especial de cor branca são utilizados com frequência no Batismo Umbandista tanto para proteção da coroa, quanto para enfeite e eternização de um momento diferenciado. Jesus em seus batismos, ao lavar o pé de seus discípulos e em muitos outros momentos utilizava panos brancos. Para Umbanda o branco é sagrado (pombinho branco, branco de Oxalá, nuvem do céu, espírito santo, etc).

Velas: A presença de velas pode e provavelmente vai ser utilizada para ativar e concluir o processo de apresentação.

AO SER APRESENTADO NO BATISMO DE UMBANDA, A CRIANÇA JÁ É APRESENTADA A SEUS ORIXÁS DE CABEÇA?

Assim como as Igrejas evangélicas tem suas diferenças ( triangular, quadrangular, do sétimo dia, etc), as Umbandas também tem (Sagrada, Omoloco, Umbandomblé, esotérica, Branca, etc). Portanto, esta questão vai se diferenciar de casa para casa. 

Falando da nossa casa, achamos muito cedo identificar o Orixá de uma criança com menos de 7 anos. Inclusive esta é uma questão muito maior do que o batizado, vide que há lugares que só falam o Orixá sob influência de um oráculo (búzio, carta, etc), em outros, apenas os dirigentes da casa. Vamos entender o batizado como apresentação da pessoa à religião e em um segundo momento, apresentação da pessoa ao orixá, poderia ser a sua coroação. 

Independente de dizer a uma pessoa qual é seu Orixá de cabeça, o batismo o apresenta à religião. A Umbanda também tem Oxalá como sua maior energia, um batismo seria neste momento, consagrar esta coroa a uma religião tendo esta irradiação como fonte de luz, de energia, de vida, de proteção.           
SOU BATIZADO NA IGREJA CATÓLICA, PRECISO ME BATIZAR NA UMBANDA?

Se você agora é Umbandista sim. Você se batizar é apresentar-se aquelas divindades. Mas o batismo é obrigatório? Não! Você só vai se batizar se você for um frequentador, já for familiarizado, etc. A Umbanda não quer e não precisa daquele batizado católico que nem mais à missa de domingo vai. A Umbanda precisa de frequentadores que saibam e se interesse pelo que ela prega dentro e fora do terreiro e não meros interessados na incorporação ou em se aparecerem para os outros.    

SOU BATIZADO NA UMBANDA, TEM VALIDADE LEGAL?

Se o seu terreiro for federado, sim. Nossa casa é associada à Abratu - Associação Brasileira de Terreiros de Umbanda e Candomblé. Uma vez que os batizados são feitos na nossa casa, o nosso sacerdote tem o direito de emitir documento válido como o da igreja.

EXEMPLOS DE BATISMO

Batismo na Mata


Batismo no terreiro






Batismo em alguns tipos de Igrejas





PONTO DE BATISMO



Rio acima, rio abaixo
Foi no rio de Jordão

Rio acima, rio abaixo
Foi no rio de Jordão

Onde João Batizou cristo,
Cristo batizou João

Onde João Batizou cristo,
Cristo batizou João

OUTRAS VISÕES SOBRE BATISMO NA UMBANDA



Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

TRABALHOS COM CABEÇA DE CERA NA UMBANDA

INTRODUÇÃO A Cabeça é o lugar mais sagrado para o Umbandista. É ali que vive o seu Ori, sua coroa, sua mente, seu cérebro, o início dos seus chacras, etc. Trabalhos com cabeça de cera devem ser feitos por pessoas experientes e fundamentadas. Na dúvida sobre o que ou como fazer, sempre consulte o pai de santo de sua confiança.  CABEÇA DE CERA PARA OXUM: PEDIDOS E PROMESSAS Oxum (Nossa senhora de aparecida) é muito conhecida por receber cabeças de cera em seus trabalhos, seja ele para amor (embora a Umbanda em si seja contra trabalhos de amarrações) ou para outros pedidos.  Em São Paulo está localizado o Santuário de Aparecida do Norte. Lá é recebido diariamente muitas peças de cera em pedido ou agradecimento de graças alcançadas por seus fiéis.  Podemos fazer cabeça de cera para cura, para melhorar os pensamentos, clarear as ideias, etc.  CABEÇA DE CERA COM YEMANJÁ: CALMA, LIMPEZA E DISCERNIMENTO.  Yemanjá é a mãe de todos. Este trabalho é indicado para ac

VELAS E SUAS DEFORMAÇÕES: "MINHA VELA BORRADA, O QUE ISSO QUER DIZER?"

INTRODUÇÃO A Umbanda é uma religião que trabalha com energia, portanto, ela pode se movimentar de ponta a ponta, de forma neutra ou intencionada. Sendo intencionada, podemos identificá-la como positiva ou negativa, recebida ou negada, desviada, redirecionada, etc. Se formos olhar a definição de dicionário, "energia" nada mais é do que a capacidade de um corpo, objeto ou molécula realizar seu trabalho. Se formos pensar em "energia de vela", seria a capacidade que a vela tem de executar o seu trabalho (quebra demanda, proteção, maldade, reversão, desvio, anulação, potencialização, cobrança, correção, direcionamento, etc).  Muitas pessoas que acendem velas se perguntam: "Olha como minha vela ficou", o que isso quer dizer? Para responder essa pergunta primeiro é necessário levantar quais variáveis borram uma vela. Sua vela pode borrar por estar exposta ao vento (ventilador, janela aberta, porta aberta, alguém que passou correndo, etc), pode

MAGIAS COM MAÇÃ NA UMBANDA

A maçã é uma fruta afrodisíaca com diversos benefícios para o organismo humano. Ela combate o envelhecimento, ajuda no controle do hálito, controle de diabetes (por ser rica em pectina), controle do colesterol, etc. No geral, frutas com a polpa branca, como maçã e pera, podem reduzir o risco de uma pessoa sofrer um acidente vascular cerebral (AVC). Esta é a conclusão de um estudo feito pela Universidade de Wageningen, na Holanda, em que foram acompanhadas 20.069 pessoas, entre as idades de 20 e 65 anos.  A pesquisa levou dez anos para ser desenvolvida. Após este período, os pesquisadores viram que as pessoas que mais comiam alimentos de polpa branca de frutas e legumes tinham 52% menos chances de ter um AVC. Apesar de deixarem claro que é preciso ter mais estudos para confirmar as descobertas, os estudiosos afirmam que o consumo de uma maçã por dia, reduz o risco em cerca de 40% (Fonte: Ciclovivo.com.br). A Maçã ainda é indicada para combater problemas respiratórios