Pular para o conteúdo principal

TIPOS DE MEDIUNIDADE - POR EDUARDO DE OXOSSI


O QUE É MEDIUNIDADE - POR EDUARDO DE OXOSSI

Mediunidade é dom, uma "faculdade extraordinária", uma habilidade que não escolhe cor, raça, credo ou pessoa. Ela não é exclusiva de uma ou outra religião, a mediunidade bem como as suas infinitas formas de manifestação estão presentes em nosso mundo desde os tempos mais antigos até os dias atuais. 

Embora não reconhecida nos modelos científicos acadêmicos tradicionais, ela aparece fortemente nas culturas greco-romanas e judaico-cristãs da sociedade ocidental, bem como dos orientais hinduísmo e budismo tibetano.

Na Umbanda e suas ramificações (Umbanda Sagrada, Umbanda Omoloko, Umbanda Esotérica, Umbandaime, Umbandomblé, Umbanda Branca, outras) a mediunidade principal é a incorporação, todavia, há médiuns com outros tipos de dons mediúnicos quem tem empregado suas habilidades em prol da caridade. 


DONS MEDIÚNICOS E TIPOS DE MEDIUNIDADE

Eu entendo mediunidade como a capacidade de intermediar necessidades, ações e comunicação entre mundos diferentes, como por exemplo, entre o nosso mundo e o plano espiritual. A bíblia, um dos livros mais vendidos e conhecido em todo Ocidente nos mostra diversas manifestações de mediunidade, como em Apocalipse 22:8 e 9:

“Eu, João, ouvi e vi estas coisas. E depois de ter ouvido e visto, prostrei-me aos pés do anjo que me mostrava isso, para adorá-lo. Mas ele me disse ‘não faça isso! Sou um companheiro de serviço, teu e dos teus irmão os profetas, e dos que guardam as palavras deste livro. É a Deus que deves adorar.”
Somente neste trecho temos 2 tipos de mediunidade, vamos falar sobre algumas existentes já observadas em terra:

Psicofania ou Incorporação






A mediunidade mais conhecida dentro dos terreiros de Umbanda, pois é o ato de incorporação, onde o espírito toma total controle do corpo do médium, usando seus movimentos e sua fala como se estivesse encarnado. Aqui também ocorrem as derivações da incorporação: transporte, outros. 

Pictografia


Dom de transmitir visualmente uma mensagem, a imagem de uma entidade / local, ou seja, pinturas mediúnicas. Uma pintura mediúnica famosa é a foto de Yemanjá Temos muitas lendas de como ela surgiu. De acordo com o escritor José Beniste esta imagem foi criada na década de 50 como uma forma da Dra. Dalla Paes Leme ser homenageada pelo marido. Este quadro percorria casas e terreiros, dentre os quais o de Benjamin Figueiredo, da Tenda do Caboclo Mirim e a casa de Alziro Zarur que na época era ligado ao espiritismo. Este mesmo quadro foi que deu inicio às giras de fim de ano promovidas pela Umbanda nas praias cariocas e cultuada no dia 02 de Fevereiro pelo Candomblé. Outra versão diz que a Dra. Dalla Paes Leme teve a visão de Yemanjá e que um artista teria feito a pintura. 

Clariaudiencia



Audição mediúnica, quando consegui ouvir com clareza a voz e entender o que os espíritos tem para lhe transmitir.

Clarividência



Dom de ver o “mundo astral”, ver os espíritos e suas formas. É a visão mediúnica.

Vidência




Dom que se transforma mentalmente através de imagens que tem relação com a realidade ou com o mundo astral. Podemos ver o presente, o passado e - ou o futuro. Aqui estão diversos tipos de técnicas que podemos chamar de dons, pois mesmo que alguém faça o curso de uma técnica ou outra, é preciso ter a mão e o talento para fazer bem feito: Acutomancia (usando agulhas e alfinetes), Astrologia (usando os astros, planetas e afins), Aracnomancia (usada na magia negra para ler o futuro através das teias de aranhas),  Ceromancia (futuro através da cera), Cartas, Búzios, Borra de Café, Leitura da mão e outros. 

Inspiração ou irradiação (Projeção Astral)



Conhecido como desdobramento ou projeção astral, o ato de sair do corpo material com o seu corpo perispiritual para realizar tarefas no astral, ou receber mensagens como consciência de tudo que foi feito.

Psicometria



É a leitura do histórico dos objetos, revelando os registros do mesmo, sua energia, sua vibração, seus antigos donos astral e temporal.

Xenoglossia ou Glossolalia



Dom de falar em outras línguas sem ter tido estudo prévio.

Materialização



Dom que ficou conhecido através do médium Peixotinho de Macaé na década de 50 e com a médium Edelarzil que faz materializações no algodão.  Esta mediunidade traduz o dom de materializar pessoas ou objetos, onde o médium doa seu plasma (fluido cósmico) e com esse ato se forma um objeto nítido e presente no mundo físico, ou ocorre a materialização por transporte de objetos  quando o médium usa seu dom para desmaterializar algo em um local físico e materializar em outro local.

Na materialização ainda poemos perceber fumaças, odores, gostos estranhos, cheiros estranhos, presença de objetos, etc.  

Telecinesia



O ato de realizar efeitos físicos como mover, quebrar, acender ou apagar algo sem precisar tocar nos objetos. 

Telepatia



Dom de ler pensamento e influenciar o pensamento alheio. 

Benzimento


O benzimento (feito com palavras, ervas, água ou semelhante) é o dom mediúnico no qual nossas ações quebram demandas espirituais e promovem cura, melhoria e bem estar no próximo.  Alguns sacerdotes consideram como técnica, nós consideramos um dom, pois as benzedeiras do passado mesmo sem ter algum estudo profundo desenvolveram esta técnica que cura pessoas até hoje. 


CONCLUSÃO


Como pode ver existem vários tipos de mediunidades, falamos apenas algumas delas. Nenhuma melhor ou pior do que a outra, mas com funções diferentes conforme o dom que nos foi dado pela lei divina. São dons que chegam à terra para prestarmos a nossa caridade e ajudar o próximo de alguma maneira.  

Comentários

  1. Show, muito show essa matéria,muita coisa a ser ensinada, esclarecida sobre esse tema tão complexo, cercado de musterios e polêmicas. Sensacional.

    ResponderExcluir
  2. Parabéns, boa matéria, se for possível gostaria que numa próxima matéria falassem mais sobre telepatia e também sobre psicografia

    ResponderExcluir
  3. Sim boa materia deveria ter mais assim, como está .

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

TRABALHOS COM CABEÇA DE CERA NA UMBANDA

INTRODUÇÃO A Cabeça é o lugar mais sagrado para o Umbandista. É ali que vive o seu Ori, sua coroa, sua mente, seu cérebro, o início dos seus chacras, etc. Trabalhos com cabeça de cera devem ser feitos por pessoas experientes e fundamentadas. Na dúvida sobre o que ou como fazer, sempre consulte o pai de santo de sua confiança.  CABEÇA DE CERA PARA OXUM: PEDIDOS E PROMESSAS Oxum (Nossa senhora de aparecida) é muito conhecida por receber cabeças de cera em seus trabalhos, seja ele para amor (embora a Umbanda em si seja contra trabalhos de amarrações) ou para outros pedidos.  Em São Paulo está localizado o Santuário de Aparecida do Norte. Lá é recebido diariamente muitas peças de cera em pedido ou agradecimento de graças alcançadas por seus fiéis.  Podemos fazer cabeça de cera para cura, para melhorar os pensamentos, clarear as ideias, etc.  CABEÇA DE CERA COM YEMANJÁ: CALMA, LIMPEZA E DISCERNIMENTO.  Yemanjá é a mãe de todos. Este trabalho é indicado para ac

VELAS E SUAS DEFORMAÇÕES: "MINHA VELA BORRADA, O QUE ISSO QUER DIZER?"

INTRODUÇÃO A Umbanda é uma religião que trabalha com energia, portanto, ela pode se movimentar de ponta a ponta, de forma neutra ou intencionada. Sendo intencionada, podemos identificá-la como positiva ou negativa, recebida ou negada, desviada, redirecionada, etc. Se formos olhar a definição de dicionário, "energia" nada mais é do que a capacidade de um corpo, objeto ou molécula realizar seu trabalho. Se formos pensar em "energia de vela", seria a capacidade que a vela tem de executar o seu trabalho (quebra demanda, proteção, maldade, reversão, desvio, anulação, potencialização, cobrança, correção, direcionamento, etc).  Muitas pessoas que acendem velas se perguntam: "Olha como minha vela ficou", o que isso quer dizer? Para responder essa pergunta primeiro é necessário levantar quais variáveis borram uma vela. Sua vela pode borrar por estar exposta ao vento (ventilador, janela aberta, porta aberta, alguém que passou correndo, etc), pode

MAGIAS COM MAÇÃ NA UMBANDA

A maçã é uma fruta afrodisíaca com diversos benefícios para o organismo humano. Ela combate o envelhecimento, ajuda no controle do hálito, controle de diabetes (por ser rica em pectina), controle do colesterol, etc. No geral, frutas com a polpa branca, como maçã e pera, podem reduzir o risco de uma pessoa sofrer um acidente vascular cerebral (AVC). Esta é a conclusão de um estudo feito pela Universidade de Wageningen, na Holanda, em que foram acompanhadas 20.069 pessoas, entre as idades de 20 e 65 anos.  A pesquisa levou dez anos para ser desenvolvida. Após este período, os pesquisadores viram que as pessoas que mais comiam alimentos de polpa branca de frutas e legumes tinham 52% menos chances de ter um AVC. Apesar de deixarem claro que é preciso ter mais estudos para confirmar as descobertas, os estudiosos afirmam que o consumo de uma maçã por dia, reduz o risco em cerca de 40% (Fonte: Ciclovivo.com.br). A Maçã ainda é indicada para combater problemas respiratórios