Pular para o conteúdo principal

AZEITE DE DENDÊ NA UMBANDA - POR EDUARDO DE OXOSSI




O azeite de dendê é um tipo de óleo (escurecido) produzido a partir do fruto da palmeira conhecida como dendezeiro ou palma,  popular nas culinárias africana e brasileira (Acarajé, Momoamba de galinha, vatapá, farofas, etc), usada ainda em rituais de Umbanda e Candomblé.

Na Umbanda é usado principalmente em procedimentos de Xango/Yansã (Casal dendê), linha de Baianos e de Esquerda (Exu, Pomba Gira e Exu Mirim).



No candomblé ele representa uma espécie de sangue vegetal e é contra indicado para rituais com os Orixás do branco (em algumas casas e nações). Além da culinária de santo, pode-se observar o seu uso em Ebós, feituras, cerimoniais, etc.



Em casas de Quimbanda pode ainda ser atrelada a magia negra, devido ao seu aspecto de “sangue” e pela capacidade de aquecer uma situação, portanto, é um ótimo elemento para batalhas e Orixás ligados a isso (Ogum, Xango, Exu, Yansã, etc). Para as Yamins, ele pode ser utilizado como substituição do ejé.

O Dendezeiro é tão importante para as religiões de asé que até as suas folhas secas (Mariô) são aproveitados em portas e janelas para espantar energias negativas. Estas folhas ainda podem ser usadas em roupas de santo, assentamentos e funções.



O manejo do dendê tem o fundamento de aquecer, esquentar, energizar, potencializar, preparar para guerra, combater, etc. Não é a toa que é ligado a Orixás de fogo e da guerra. Portanto, é necessário se ter cuidado com o que vai fazer com ele para não iniciar uma guerra ou incêndio que não possa controlar. 

"Tão forte quando a espada de Ogum é o escudo de Oxaguian. A diferença é saber quando lutar e quando defender. Umbanda e Candomblé tem fundamento e é preciso estudar!"

Na dúvida sobre como e para que manusear o dendê, procure o pai de santo de sua confiança e entenda a doutrina da casa que você frequenta. 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

TRABALHOS COM CABEÇA DE CERA NA UMBANDA

INTRODUÇÃO A Cabeça é o lugar mais sagrado para o Umbandista. É ali que vive o seu Ori, sua coroa, sua mente, seu cérebro, o início dos seus chacras, etc. Trabalhos com cabeça de cera devem ser feitos por pessoas experientes e fundamentadas. Na dúvida sobre o que ou como fazer, sempre consulte o pai de santo de sua confiança.  CABEÇA DE CERA PARA OXUM: PEDIDOS E PROMESSAS Oxum (Nossa senhora de aparecida) é muito conhecida por receber cabeças de cera em seus trabalhos, seja ele para amor (embora a Umbanda em si seja contra trabalhos de amarrações) ou para outros pedidos.  Em São Paulo está localizado o Santuário de Aparecida do Norte. Lá é recebido diariamente muitas peças de cera em pedido ou agradecimento de graças alcançadas por seus fiéis.  Podemos fazer cabeça de cera para cura, para melhorar os pensamentos, clarear as ideias, etc.  CABEÇA DE CERA COM YEMANJÁ: CALMA, LIMPEZA E DISCERNIMENTO.  Yemanjá é a mãe de todos. Este trabalho é indicado para ac

VELAS E SUAS DEFORMAÇÕES: "MINHA VELA BORRADA, O QUE ISSO QUER DIZER?"

INTRODUÇÃO A Umbanda é uma religião que trabalha com energia, portanto, ela pode se movimentar de ponta a ponta, de forma neutra ou intencionada. Sendo intencionada, podemos identificá-la como positiva ou negativa, recebida ou negada, desviada, redirecionada, etc. Se formos olhar a definição de dicionário, "energia" nada mais é do que a capacidade de um corpo, objeto ou molécula realizar seu trabalho. Se formos pensar em "energia de vela", seria a capacidade que a vela tem de executar o seu trabalho (quebra demanda, proteção, maldade, reversão, desvio, anulação, potencialização, cobrança, correção, direcionamento, etc).  Muitas pessoas que acendem velas se perguntam: "Olha como minha vela ficou", o que isso quer dizer? Para responder essa pergunta primeiro é necessário levantar quais variáveis borram uma vela. Sua vela pode borrar por estar exposta ao vento (ventilador, janela aberta, porta aberta, alguém que passou correndo, etc), pode

MAGIAS COM MAÇÃ NA UMBANDA

A maçã é uma fruta afrodisíaca com diversos benefícios para o organismo humano. Ela combate o envelhecimento, ajuda no controle do hálito, controle de diabetes (por ser rica em pectina), controle do colesterol, etc. No geral, frutas com a polpa branca, como maçã e pera, podem reduzir o risco de uma pessoa sofrer um acidente vascular cerebral (AVC). Esta é a conclusão de um estudo feito pela Universidade de Wageningen, na Holanda, em que foram acompanhadas 20.069 pessoas, entre as idades de 20 e 65 anos.  A pesquisa levou dez anos para ser desenvolvida. Após este período, os pesquisadores viram que as pessoas que mais comiam alimentos de polpa branca de frutas e legumes tinham 52% menos chances de ter um AVC. Apesar de deixarem claro que é preciso ter mais estudos para confirmar as descobertas, os estudiosos afirmam que o consumo de uma maçã por dia, reduz o risco em cerca de 40% (Fonte: Ciclovivo.com.br). A Maçã ainda é indicada para combater problemas respiratórios