Pular para o conteúdo principal

TRONO DO AMOR: OXUM E OXUMARE

INTRODUÇÃO

Oxum (Nossa senhora de Aparecida), considerada na Umbanda como a deusa do amor, da beleza e do ouro representa o lado positivo do trono do amor (uma das sete linhas de Umbanda) juntamento com Oxumaré (Clique aqui para acessar o texto de Oxumaré que publicamos). Oxum atua na vibração e irradiação do amor movimentando os seres vivos rumo a relacionamentos (carnal, material, pessoal, familiar, etc). Ela estimula o que psicólogos e psicanalistas chamam do "princípio do prazer". 



Dotada de grande beleza, vaidade, sensualidade, traduzida com jeito de menina, Oxum é a deusa do amor (Em alguns países da Grécia sincretizada como a própria Afrodite). É a mais feminina, dengosa e delicada de todas as divindades da Umbanda. Rege ainda a fertilidade, o ventre feminino, a gestação, as águas doces do planeta, as mesmas águas que irrigam os nossos campos garantindo fartura, as mesmas águas que são responsáveis pela vida.

Oxum é ainda guardião dos minerais, em especial do ouro. Por isso, identifica-se com todas as manifestações de riqueza, fartura e até mesmo luxuria. Para o Candomblé, ela dá de beber as folhas de Ossain, aos animais e plantas de Oxóssi, esfria o aço forjado por Ogum, lava as feridas de Obaluaiê (com sua água e seu mel), compõe a luz do arco-íris de Oxumarê e muito mais.

Oxum está em tudo a nossa volta, afinal de contas, se amamos algo ou alguém é porque ela está dentro de nós. Todos precisamos de todas as vibrações dos orixás, mesmo tendo outros pais e mães de cabeça. Como o rio que sempre caminha para o mar, esta Orixá está diretamente ligada aos campos de Yemanjá, encabeçando e dirigindo a legião das sereias de águas doces. Oxum divide ainda, alguns pontos de força com Nanã Buruque, ao qual em alguns lugares do país chegou a ser confundida uma com a outra.



Oxum é a força dos rios e cachoeiras. É a manifestação do Amor, puro, real, maduro, sensível e incondicional, por isso é associada à maternidade e ligada ao desenvolvimento da criança ainda no ventre da mãe. É Oxum que gera o nascimento de novas vidas que estarão no período de gestação numa bolsa de água limpa – a água materna que nutre a vida.



É Oxum que “tomará conta” até o nascimento, quando então, entrega à Iemanjá, que será responsável pelo destino daquela criança. Oxum é a mãe das crianças pré-nascimento, seres inocentes e sem maldade, zelando por elas desde o ventre até que adquiram a sua independência. Os seus filhos são a sua maior riqueza.  Por isso em alguns lugares, a linha de Erês está fortemente ligada a Oxum. Entre outras coisas, rege ainda o matrimônio, o casamento, a união estável e instável, os laços, as paixões, os prazeres da carne, etc. Oxum dá e recolhe a capacidade de amar. Muitas pomba giras na linha de Oxum são feiticeiras nata nos campos do amor e da riqueza.

ARQUÉTIPOS DOS FILHOS DE OXUM

 Os filhos de Oxum amam espelhos, as jóias e roupas caras, o ouro, o dinheiro e as coisas preciosas, são impecáveis no trajar e não se exibem publicamente sem primeiro cuidar da vestimenta, do cabelo, etc. As pessoas de Oxum são vaidosas, elegantes, sensuais, adoram perfumes e tudo que esteja relaciona com a beleza. Homens de Oxum tendem a ser metrossexuais, mulheres de Oxum chegam a ser obsessivas, pois não vão nem a padaria sem um lápis no olho.

Para o pesquisador da religião africana, o  francês  Pierre Verger: "o arquétipo  de  Oxum é  das pessoas graciosas  e  elegantes,  com paixão pelas  jóias, perfumes e vestimentas caras. São o  símbolo do charme e da beleza. Voluptuosas e  sensuais, porém mais reservadas que as de Iansã. Elas evitam chocar a opinião publica, a qual dão muita importância. Sob sua aparência graciosa e sedutora, escondem uma vontade muito forte e um grande desejo de ascensão social. Vivem para agradar a sociedade".

Os filhos de Oxum são mais discretos, pois assim como apreciam o destaque social, temem os escândalos ou qualquer coisa que possa denegrir a sua imagem. São bondosos, generosos e pensam no próximo. Constroem cautelosamente sua vida pessoal e profissional. A imagem doce esconde uma determinação forte e uma ambição bastante marcante, chegam a ser ambiciosos.

Os filhos de Oxum têm tendência para engordar, gostam da vida social, dos bons pratos e e geralmente dos bons doces, das festas e dos prazeres em geral. Mesmo que não percebam, sempre acabam chamando a atenção para si onde pisam. Representam sempre o tipo que atrai e que é perseguido por paixões complicadas. Despertam ciúmes e intrigas com facilidade. Seu modo de ser causa inveja mesmo que inconsciente, por isso, quase sempre estão envolvidos em brigas que nem sabem o porque.

Na verdade os filhos de Oxum são narcisistas demais, jamais colocam seus interesses em seguindo plano. São muito sensíveis a qualquer emoção, calmos, tranquilos, emotivos, normalmente têm uma facilidade muito grande para o choro, todavia, caso se sintam usados ou traídos, tornam-se extremamente vingativos.

O arquétipo psicológico associado a Oxum se aproxima da imagem que se tem de um rio, das águas que são seu elemento; aparência da calma que pode esconder correntes, buracos no fundo, grutas tudo que não é nem reto nem direto, mas pouco claro em termos de forma, cheio de meandros. Faz parte desta personalidade uma grande preguiça, ironia, sarcasmo, persistência, porém discreta.

Pode vir a ser interesseiro e indeciso, mas seu maior defeito é o ciúme (que não demonstra jamais). Oxum é o orixá que enganou Exu e foi a única mulher a ter direito ao jogo de búzios, sendo assim seus filhos tem uma excelente mediunidade e força para magias. Oxum também domina em sua saia o mistério das bruxas Yamins, a qual em filhos de Oxum, em especial as mulheres, nunca queira vê-los (as) irritados (as).

QUANDO OFERENDAR A OXUM



- Para engravidar
- Para melhorar a prosperidade
- Para encontrar o amor verdadeiro
- Para melhorar as amizades
- Para melhorar o papel social
- Para uniões em geral (inclusive em negócios)
- Para situações de saúde (em especial saúde da mulher e doenças ligadas ao ventre)
- Para problemas de depressão, baixa-estima, tristeza, etc.

CARACTERÍSTICAS DO TRONO DO AMOR



Trono: Amor
Orixá regente: Oxum
Sincretismo religioso: Nossas senhoras (De aparecida, da conceição, das guias, das candeias, dos prazeres).
Dia de Oxum: 08 de dezembro e 12 de outubro (depende da casa).
Dia da semana: Sábado
Vela: Amarelo (prosperidade), Rosa (Amor) e Azul Escuro (Batalhas)
Fio de conta: Amarelo, rosa e azul escuro.
Banhos Indicados: Água de cachoeira, Colônia, Chuva de Ouro, Girassol, Rosa Amarela, Rosa (Cor de rosa), etc.
Saudação: Ora iêieooo mamãe Oxum!
Campo de força e entregas: Cachoeiras e rios de água doce.
Chacra: Umbilical.
Animais que representam a presença de Oxum: Galinha de Angola.
Número: Umbanda 5.

CABOCLOS DE OXUM

- Caboclo das sete cachoeiras
- Caboclo queda livre
- Caboclo de água doce
- Caboclo girassol
- Cabocla Jupira
- Cabocla Jandaia
- Cabocla Iracema
  
EXUS E POMBA GIRAS DE OXUM

- Exu do Ouro
- Exu tranca Rio
- Pomba Gira Rosa Dourada
- Pomba Gira da água doce
- Pomba Gira das cachoeiras

PONTOS CANTADOS DE OXUM

Eu vi mamãe Oxum nas caxhoeiras,
sentada na beira do rio,
colhendo lírio oh lírio le
colhendo lírio oh lírio la
colhendo lírio para enfeitar nosso Congá
colhendo lírio oh lírio le
colhendo lírio oh lírio la (2x)

_______________________________

Ela é Oxum,
Ela é menina (2x)

Oxum da mina agé
Oxum da mina agé (2x)

_______________________________

Ora ie ieo mamãe Oxum
Ora ie ieo Oxuma Apará (2x)

Nas cachoeiras de Oxalá

_______________________________

O colar da Oxum é da cor do ouro
O colar da Oxum é de ouro só (2x)

É de ouro só (2x)

_______________________________

Olha eu, olha eu mamãe Oxum (2x)
Olha eu, olha eu Oxumaré (2x)

_______________________________

Mamãe Oxum
Salve a banda da senhora
Mamãe Oxum
Aiêiê já vai embora

______________________________



HOMENAGEM A MAMÃE OXUM





Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

TRABALHOS COM CABEÇA DE CERA NA UMBANDA

INTRODUÇÃO A Cabeça é o lugar mais sagrado para o Umbandista. É ali que vive o seu Ori, sua coroa, sua mente, seu cérebro, o início dos seus chacras, etc. Trabalhos com cabeça de cera devem ser feitos por pessoas experientes e fundamentadas. Na dúvida sobre o que ou como fazer, sempre consulte o pai de santo de sua confiança.  CABEÇA DE CERA PARA OXUM: PEDIDOS E PROMESSAS Oxum (Nossa senhora de aparecida) é muito conhecida por receber cabeças de cera em seus trabalhos, seja ele para amor (embora a Umbanda em si seja contra trabalhos de amarrações) ou para outros pedidos.  Em São Paulo está localizado o Santuário de Aparecida do Norte. Lá é recebido diariamente muitas peças de cera em pedido ou agradecimento de graças alcançadas por seus fiéis.  Podemos fazer cabeça de cera para cura, para melhorar os pensamentos, clarear as ideias, etc.  CABEÇA DE CERA COM YEMANJÁ: CALMA, LIMPEZA E DISCERNIMENTO.  Yemanjá é a mãe de todos. Este trabalho é indicado para ac

VELAS E SUAS DEFORMAÇÕES: "MINHA VELA BORRADA, O QUE ISSO QUER DIZER?"

INTRODUÇÃO A Umbanda é uma religião que trabalha com energia, portanto, ela pode se movimentar de ponta a ponta, de forma neutra ou intencionada. Sendo intencionada, podemos identificá-la como positiva ou negativa, recebida ou negada, desviada, redirecionada, etc. Se formos olhar a definição de dicionário, "energia" nada mais é do que a capacidade de um corpo, objeto ou molécula realizar seu trabalho. Se formos pensar em "energia de vela", seria a capacidade que a vela tem de executar o seu trabalho (quebra demanda, proteção, maldade, reversão, desvio, anulação, potencialização, cobrança, correção, direcionamento, etc).  Muitas pessoas que acendem velas se perguntam: "Olha como minha vela ficou", o que isso quer dizer? Para responder essa pergunta primeiro é necessário levantar quais variáveis borram uma vela. Sua vela pode borrar por estar exposta ao vento (ventilador, janela aberta, porta aberta, alguém que passou correndo, etc), pode

MAGIAS COM MAÇÃ NA UMBANDA

A maçã é uma fruta afrodisíaca com diversos benefícios para o organismo humano. Ela combate o envelhecimento, ajuda no controle do hálito, controle de diabetes (por ser rica em pectina), controle do colesterol, etc. No geral, frutas com a polpa branca, como maçã e pera, podem reduzir o risco de uma pessoa sofrer um acidente vascular cerebral (AVC). Esta é a conclusão de um estudo feito pela Universidade de Wageningen, na Holanda, em que foram acompanhadas 20.069 pessoas, entre as idades de 20 e 65 anos.  A pesquisa levou dez anos para ser desenvolvida. Após este período, os pesquisadores viram que as pessoas que mais comiam alimentos de polpa branca de frutas e legumes tinham 52% menos chances de ter um AVC. Apesar de deixarem claro que é preciso ter mais estudos para confirmar as descobertas, os estudiosos afirmam que o consumo de uma maçã por dia, reduz o risco em cerca de 40% (Fonte: Ciclovivo.com.br). A Maçã ainda é indicada para combater problemas respiratórios