Pular para o conteúdo principal

ORIXÁ REGENTES DA CASA PARA 2021: OXUM E OXALÁ

 

INTRODUÇÃO

 

Todo ano o mestre Tranca Ruas deixa a sua interpretação e intuição de quem vai reger a energia da casa no próximo ano, o que não significa que outras casas tenham que compartilhar dessa opinião, afinal, cada casa que mexa com a tampa de sua panela. Todavia, todos que acompanham o trabalho da nossa casa sabem da seriedade das nossas frentes de trabalho e da tradição que vem sendo construída nestes anos todos.  

 

Desde a inauguração do T.U.S Caboclo Pena Verde e Flecheiro de Aruanda, a vibração do Orixá regente é só uma bússola para energias que podem se repetir ou que podemos aproveitá-las com mais intensidade, pois para Umbanda, sempre precisaremos da energia de todos os Orixás e não apenas um ou dois por ano.

 

Em 2021, os orixás que regem o T.U.S. Caboclo Pena Verde e Flecheiro de Aruanda são: Oxalá e Oxum.

 

OXALÁ

 

Depois de um ano atípico como foi 2020, Oxalá abre 2021 com sua clemência, benevolência, complacência, bondade, otimismo no ser humano. Muita gente teve que se unir por propósitos em comum (profissionais de saúde, religiosos, nações e até famílias), a proposta é que possamos levar para 2021 (ou deveríamos) uma bagagem de aprendizado.

 


Pessoas estão cansadas de lutar, querem agora paz na vida e principalmente consigo mesmas. Oxalá irradia harmonia, equilíbrio, fé e fortalecimento de crença (um ótimo ano para desenvolvimento de dons espirituais, de cuidar do sagrado). Oxalá também é de certa forma a criação, o iniciador, o sustentador das demais linhas de Umbanda, podemos considerar um fortalecimento energético, espiritual que transcende essa existência, podemos considerar a força da fé (crer no que não se vê), podemos considerar esperança (de dias melhores).

 

Oxalá acentua virtudes altruístas, ou seja, virtudes que dispensam aplausos, pagamentos, ego, reconhecimento...virtudes que existem por motivações intrínsecas, por isso é um ótimo ano para estudar e aproximar-se do que é espiritual, do que é evolutivo em termos de se tornar uma pessoa melhor para si, para o outro e para sociedade. Vejo caminho aberto para organizações sem fins lucrativos (ongs) e grupos que levantarão bandeiras em prol dos menos afortunados sem esperar nada em troca.    




 

Há caminhos abertos para nos encontrarmos existencialmente fazendo o bem ao próximo, prestando a caridade, desenvolvendo empatia, colocando-se no lugar do outro, buscando terapias holísticas, meditações, viagens calmas e relaxantes, separações amigáveis, experiências sobrenaturais, afastamento de situações que nos tiram a paz.

 

Há caminhos abertos para novas religiões, seres de outras dimensões, para o regresso de quem perdeu a fé, de quem abandonou a Umbanda por alguma decepção, Oxalá traz humildade e aceitação do que é diferente de mim. Porém, quando negativo o que vibra é a intolerância, ataques de minorias, perseguições, atos que caluniam a fé alheia, falsos profetas, mais escândalos envolvendo religiosos, abusos envolvendo a fé alheia, estelionato dentro de instituições religiosas, uso da imagem sagrada como pano de fundo para pessoas mal intencionadas e assim por diante.

 

Sua vibração negativa traz ainda lentidão, fanatismo religioso, obsessão por achar que tudo de ruim que possa estar lhe acontecendo seja por demandas (famosa cegueira espiritual), isolamento, sentimentos de vazio, de incapacidade e até tristeza profunda sem causa aparente.

 

Sabemos que a depressão não é falta de deus, é uma doença séria grave que pode causar a morte de muitos, vamos olhar aqui a vibração de Oxalá como a busca de um significado de vida (independente da pessoa ser religiosa ou não). A ausência desse significado é prejudicial para pessoas que estão negativas nessa vibração e não acham mais sentido para vida ou pior, acham que a única forma de eliminarem sua dor psicológica é tirando a própria vida.


Oxalá negativo pode trazer a sensação de saco cheio, desistências, "vamos dar um tempo", procrastinação, preguiça, falta de atenção aos detalhes, falta de foco, perca de tempo e retrabalhos. Tome cuidado para não desperdiçar muita energia com o que não precisa, não dificulte o que é simples.   

 

OXUM

 




Oxum acentua o empoderamento feminino (que já começou no final de 2019), causas à favor da mulher, do feminino, do artístico, do sagrado feminino começam a ser fortalecidos. A combinação entre Oxum e Oxalá tem tudo para ser um ano pacifico, afinal e contas, gente feliz não quer guerra com ninguém.

 

Oxum vibra autoestima, mudanças no visual, mudanças de guarda-roupa, mudanças de estilos,  fertilidade (inclusive adoções), cuidados com a aparência, com a beleza, com a vaidade, nesse sentido profissionais destas áreas podem encontrar uma motivação e oportunidades de negócio para crescerem (Salões de beleza, academias, Spas, cirurgias estéticas, clinicas de fertilização, terapeutas, outros).

 

Oxum traz carência de afeto, carinho, de relacionamentos, todavia, não qualquer relacionamento. Oxum não tem espaço para relacionamento morno, por isso brigas na rotina e na intimidade de casal que já está desestruturado tende a aumentar a frequência, ainda mais se fruto de falta de sexo, de carícias, de romantismo, ou com excessos de grosseria, traição, desrespeito, violência doméstica e afins.

 

Oxum é o amor instintivo, aquela coisa de pele, de cheiro, de amor a primeira vista, do coração batendo, da euforia em querer ver e estar com a pessoa amada, logo, pode trazer ansiedades, impulsos e até colocar pessoas que já estão/estavam em um relacionamento de joelho por uma pessoa imprevista.




 

Oxum acentua magia, mão de feitiços e combinada com Oxalá temos uma ano para usar e abusar da magia (no bom sentido, é claro!). Oxum é deusa do Ouro, podemos então contar com o seu brilho, com a prosperidade, com novos empregos e novas propostas, com o ganho de visibilidade, de engajamento e encantamento, euforia por uma profissão/novo projeto, por um estudo (ou conclusão deste), por um relacionamento (ou motivos para iniciar um novo!). 


Oxum traz mudanças nas relações com o dinheiro, em seu significado, em sua transformação, nas relações do trabalho, na forma de trocar serviços, etc. Ano positivo para atuar com mistério do Exu do Ouro, resignificar nossas relações com os bens e apegos materiais, só tome cuidado para não cruzar com gente encostada e oportunista que vai querer cantar de galo às custas do seu dinheiro. Ano positivo para o comércio, para vendas, principalmente o impulsionado pelo "boca - a - boca", por outro lado, a competitividade entre custo x benefício se acentua! Clientes cada vez mais exigentes estarão de um lado querendo pagar barato em coisa boa e do outro, os empresários querendo recuperar em um ano o que perderam no ano anterior com a crise.  

 

O lado negativo é a superficialidade, excessos de aparência, investimento em coisas fúteis,  desnecessárias, sem retorno tal como endividamento por gastos supérfluos (gastar mais do que se ganha, gastar com coisas que não precisa), endividamento por caloteiros ou por não receber o que foi combinado. Oxum traz aumento de preços (pode esperar que todo mundo quer enriquecer em 2021, nem que seja à suas custas!).




 

2021 é um ano bom para se engravidar, Oxum ajuda com problemas de fertilidade. É um ano bom para iniciar projetos para cuidar do corpo (academia, tratamentos de beleza, de estética), é um ano bom para o destaque da mulher no mercado de trabalho, é um ano bom para o homem se aproximarem do seu sagrado feminino, um ano bom para pessoas acharem seu valor, sua tampa da panela, redescobrirem seu corpo, suas paixões.

 

Oxum acentua a gula, a obesidade e a luxuria, dependendo da situação até o desperdício (esbanjar). Enquanto o lado positivo da vibração ajuda a cuidar da aparência, o desleixo em uma leitura negativa, proporciona o ganho de peso, doenças por envelhecimento precoce, hipertensão, diabetes, asma, doenças do fígado, doenças do sono, perca de relacionamentos (relacionamentos instáveis e vida boêmia), perca de dinheiro, entre outras. Estas vibrações negativas terão força para derrubar uma pessoa, uma vez que a carência, o choro, a birra, a teimosia, a negação, a não aceitação de ajuda, o não reconhecimento do problema acompanhará pessoas negativadas.

 

Oxum acentua namoro, curtição, boas risadas, bom humor (pode ser um ano propício para os profissionais da comédia, do entretenimento, da música, da arte, do turismo, do lazer, da alimentação e da cultura).  Bancos e instituições financeiras também podem tirar vantagem da vibração do outro de Oxum (novos produtos, novas taxas, novas formas de fazer negócio).     

 

Oxum acentua ainda a movimentação de bens (ótimo ano para mexer com eles, porém não se esqueça da lentidão de Oxalá, a paz e o dinheiro vem, mas nem sempre rápido ou imediato!), ano onde os honestos serão recompensados, só cuidado para não se perder na ganância, no ego, na sexualidade exacerbada e nos excessos.

 

Oxalá e Oxum tem tudo para vibrar um ano de equilíbrio, mas no fim das contas tudo depende de nós, dos nossos comportamentos, das nossas escolhas e oportunidades.  

    

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

TRABALHOS COM CABEÇA DE CERA NA UMBANDA

INTRODUÇÃO A Cabeça é o lugar mais sagrado para o Umbandista. É ali que vive o seu Ori, sua coroa, sua mente, seu cérebro, o início dos seus chacras, etc. Trabalhos com cabeça de cera devem ser feitos por pessoas experientes e fundamentadas. Na dúvida sobre o que ou como fazer, sempre consulte o pai de santo de sua confiança.  CABEÇA DE CERA PARA OXUM: PEDIDOS E PROMESSAS Oxum (Nossa senhora de aparecida) é muito conhecida por receber cabeças de cera em seus trabalhos, seja ele para amor (embora a Umbanda em si seja contra trabalhos de amarrações) ou para outros pedidos.  Em São Paulo está localizado o Santuário de Aparecida do Norte. Lá é recebido diariamente muitas peças de cera em pedido ou agradecimento de graças alcançadas por seus fiéis.  Podemos fazer cabeça de cera para cura, para melhorar os pensamentos, clarear as ideias, etc.  CABEÇA DE CERA COM YEMANJÁ: CALMA, LIMPEZA E DISCERNIMENTO.  Yemanjá é a mãe de todos. Este trabalho é indicado para ac

VELAS E SUAS DEFORMAÇÕES: "MINHA VELA BORRADA, O QUE ISSO QUER DIZER?"

INTRODUÇÃO A Umbanda é uma religião que trabalha com energia, portanto, ela pode se movimentar de ponta a ponta, de forma neutra ou intencionada. Sendo intencionada, podemos identificá-la como positiva ou negativa, recebida ou negada, desviada, redirecionada, etc. Se formos olhar a definição de dicionário, "energia" nada mais é do que a capacidade de um corpo, objeto ou molécula realizar seu trabalho. Se formos pensar em "energia de vela", seria a capacidade que a vela tem de executar o seu trabalho (quebra demanda, proteção, maldade, reversão, desvio, anulação, potencialização, cobrança, correção, direcionamento, etc).  Muitas pessoas que acendem velas se perguntam: "Olha como minha vela ficou", o que isso quer dizer? Para responder essa pergunta primeiro é necessário levantar quais variáveis borram uma vela. Sua vela pode borrar por estar exposta ao vento (ventilador, janela aberta, porta aberta, alguém que passou correndo, etc), pode

MAGIAS COM MAÇÃ NA UMBANDA

A maçã é uma fruta afrodisíaca com diversos benefícios para o organismo humano. Ela combate o envelhecimento, ajuda no controle do hálito, controle de diabetes (por ser rica em pectina), controle do colesterol, etc. No geral, frutas com a polpa branca, como maçã e pera, podem reduzir o risco de uma pessoa sofrer um acidente vascular cerebral (AVC). Esta é a conclusão de um estudo feito pela Universidade de Wageningen, na Holanda, em que foram acompanhadas 20.069 pessoas, entre as idades de 20 e 65 anos.  A pesquisa levou dez anos para ser desenvolvida. Após este período, os pesquisadores viram que as pessoas que mais comiam alimentos de polpa branca de frutas e legumes tinham 52% menos chances de ter um AVC. Apesar de deixarem claro que é preciso ter mais estudos para confirmar as descobertas, os estudiosos afirmam que o consumo de uma maçã por dia, reduz o risco em cerca de 40% (Fonte: Ciclovivo.com.br). A Maçã ainda é indicada para combater problemas respiratórios