Pular para o conteúdo principal

ORIXÁS REGENTES EM 2018 NA UMBANDA: XANGO, NANÃ E OMOLU


INTRODUÇÃO

Você já ouviu a expressão "Orixá regente"? Trata-se dos orixás que vibrarão, que serão responsáveis por reger determinado tempo, período, casa, lugar, etc. Uma vez identificados os pólos vibratórios de regência, é possível investir em algumas previsões no campo amoroso, profissional, sentimental, econômico e afim. A Umbanda identifica a regência dos Orixás de forma diferente do Candomblé. No Candomblé, geralmente se recorre ao jogo de búzios e o resultado deve ser alafiado (confirmado). Já na Umbanda geralmente é trazida pela intuição de alguma casa, guia, mentor espiritual, etc. 

Cada casa tem a sua doutrina, logo, não vá achando que um ou outro site é a verdade absoluta sobre a regência. Na dúvida, consulte o pai de santo da sua casa ou de sua confiança. Este texto se baseia na doutrina DO Terreiro De Umbanda Sagrada Caboclo Pena Verde e Flecheiro de Aruanda (SP). O texto foi intuído pelo guia Sr. Tranca Rua das Almas com quem o pai da casa (Eduardo de Oxossi) trabalha. Respeitamos a doutrina alheia e contamos com o igual respeito, afinal, Umbanda é uma banda só. 

"Previsão" não é uma batalha para ver quem é o pai ou mãe de santo mais isso ou mais aquilo. Previsões são frutos da intuição que nos são passado. Acredite na casa e nos guias que você confia e igualmente eles corresponderão a você. Boa leitura!  

ORIXÁS PRECISAM VIR DE CASALZINHO?

Não. Para nossa casa, o Orixá que vai reger traduz a energia do trono que a humanidade mais necessita naquele ano, mais especificamente naquela casa. Nenhum pai de santo tem autoridade para traduzir o regente do mundo todo, aliás suas analises podem divergir ou alafiar.

Em 2014 a maioria das casas de Umbanda deu a previsão com Yansã e Xango (foi um ano de muito movimento, agitação, inicio de justiça, de plantar, de semear e ao mesmo tempo de "aprender a dançar na chuva", para muitos um ano bem complicado). Isso significa que devido a permissão de Oxalá, para estas casas, a regência destes Orixás estavam sendo necessitadas. 

Para nossa casa 2015 foi o ano de Ogum, Exu e Yemanjá, um ano de batalha, de colher o que se plantou e embora um ano também complicado, terminou no colo e nos braços de Yemanjá, como se tivéssemos que ecoar muita coisa para voltar com força. Já 2016 regeu Oxalá, Yemanjá e Oxum onde muitas mudanças aconteceram no campo amoroso, religioso e familiar. 

Em 2017 reinou Oxum (mudando os relacionamentos e a aparência física das pessoas) e Oxossi (mudando os estudos e os empregos).

É um erro achar que a regência segue o padrão de "casalzinho", ou seja, Oxum só vem com Oxossi, Xango só com Yansã, Oxalá só com Yemanjá ou Ogum, enfim, a regência não é o casamento dos Orixás, mas a irradiação, a emanação de energia para quele determinado tempo, ano, mês, casa, jogo de buzio, médium, casa, terreiro, bairro, não, etc. 

PODE HAVER REPETIÇÃO DE REGÊNCIA?

Na opinião dos dirigentes desta casa sim, porém há de haver uma justificativa muito plausível para isso acontecer. O Orixá não vem em terra para desfile, ele vem em terra para ajudar a evoluir os seres humanos na vibração daquele trono, ou seja, problemas de amor na vibração de Oxum, problemas da justiça na vibração de Xango e assim por diante (ao menos em uma leitura de Umbanda). 

ORIXÁS REGENTES 2018: XANGO, NANA E OMOLU




Com este caos que está o Brasil (Crise política, corrupção, extorsão sem limites nas escolas, nos presídios, nas obras públicas, no senado, nas empresas, nos hospitais, nas religiões, etc) nosso pai Xango retorna para proporcionar uma período de colheita, ou seja, analisar as intensões, separar joio de trigo, e tomar medidas conforme o merecimento de cada um.

Xango não cuida apenas da justiça, mas dos papeis, então será um ano propício para resolver problemas na justiça, papeis de heranças, casas, carros, vendas e revendas, etc. Xango tentará trazer mais consciência das pessoas frente as sua escolhas. As pessoas serão separadas por aquilo que acredita, pelos seus valores e tenderão a se reunir com pessoas que acreditam nisso.

Um perigo é o aumento dos grupos fanáticos pelo que acham que são certos (fanáticos religiosos querendo comandar os outros grupos e impor suas verdades). Já Nanã Buruque traz experiência, maturidade e sabedoria.



O aumento de pessoas de idade, o envelhecimento precoce por situações de estresse, desgastes, desânimos poderão ser frequentes, mas Nanã avisa que todo desgaste, toda situação boa ou ruim serve de experiência de vida. Ela trará mais resistência para enfrentarmos este ano.

Para alguns setores a sensação de “tempo parado” pode acompanhar Nanã. Sua energia avança naturalmente sem pressão, pode contribuir para desacelerar ansiosos.



Omolu representa o término, o final de ciclos, a morte. Pode trazer percas de pessoas importantes, colocar ponto final em situações que estão se arrastando. Quando relacionado a morte, devolve à Nana os seres vivos desencarnados. Quando em términos de ciclo, contribui com ela para evolução.

Podemos tirar vantagens positivas deste triângulo: Justiça, Evolução e Término de Ciclos. Para isso o segredo será o plantio das coisas certas, saber esperar, fazer por merecer, dedicar-se a olhar para seus próprios ciclos antes de querer julgar os do outro. “Quem com ferro fere, com ferro é ferido”. Não se deixar contaminar por versões fechadas, pois a evolução negativa é um retrocesso.

Em pleno 2017, esta caça às bruxas que estamos vivendo com homossexuais, negros, espíritas e outras minorias é um aspecto negativo da evolução humana. Xango deve fortalecer os direitos de cada um, Nanã deve fortalecer o amadurecimento e a aceitação das classes e Omolu deve colocar términos em energias desperdiçadas em vão.

Quando a terra está superpopulosa é Omolu quem vem limpá-la. A volta da febre amarela e outras doenças, o incentivo de guerras, a precariedade dos hospitais públicos, grandes hospitais se deteriorando (como vimos recente com a Santa Casa de Misericórdia em SP), assassinos psicopatas atacando escolas é em si uma limpeza da terra que está longe da nossa compreensão e somente Xango pode classificar.

Omolu pode colocar fim ainda em empregos (inclusive empresas famosas fechando ou mudando sua estrutura), relacionamentos, amizades, etc.         


REGENTES EM OUTRAS CASAS

Até a presente data pesquisamos em alguns sites quem será o regente para 2018. Cada casa tem a sua doutrina e cada guia o seu mistério. Nossa casa respeita as energias alheias. Conheça o que diz cada uma delas:

SITE
ORIXAS REGENTES
NANÃ, XANGO E EXU
XANGO
XANGO, IANSA, OBA E EXU
XANGO E IANSA
XANGO, IANSA, YEMANJA E OBALUAE
XANGO, IANSA E EXU
NANA E XANGO
EXU, IANSÃ E OMOLU
XANGO, NANA E EXU



Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

TRABALHOS COM CABEÇA DE CERA NA UMBANDA

INTRODUÇÃO A Cabeça é o lugar mais sagrado para o Umbandista. É ali que vive o seu Ori, sua coroa, sua mente, seu cérebro, o início dos seus chacras, etc. Trabalhos com cabeça de cera devem ser feitos por pessoas experientes e fundamentadas. Na dúvida sobre o que ou como fazer, sempre consulte o pai de santo de sua confiança.  CABEÇA DE CERA PARA OXUM: PEDIDOS E PROMESSAS Oxum (Nossa senhora de aparecida) é muito conhecida por receber cabeças de cera em seus trabalhos, seja ele para amor (embora a Umbanda em si seja contra trabalhos de amarrações) ou para outros pedidos.  Em São Paulo está localizado o Santuário de Aparecida do Norte. Lá é recebido diariamente muitas peças de cera em pedido ou agradecimento de graças alcançadas por seus fiéis.  Podemos fazer cabeça de cera para cura, para melhorar os pensamentos, clarear as ideias, etc.  CABEÇA DE CERA COM YEMANJÁ: CALMA, LIMPEZA E DISCERNIMENTO.  Yemanjá é a mãe de todos. Este trabalho é indicado para ac

VELAS E SUAS DEFORMAÇÕES: "MINHA VELA BORRADA, O QUE ISSO QUER DIZER?"

INTRODUÇÃO A Umbanda é uma religião que trabalha com energia, portanto, ela pode se movimentar de ponta a ponta, de forma neutra ou intencionada. Sendo intencionada, podemos identificá-la como positiva ou negativa, recebida ou negada, desviada, redirecionada, etc. Se formos olhar a definição de dicionário, "energia" nada mais é do que a capacidade de um corpo, objeto ou molécula realizar seu trabalho. Se formos pensar em "energia de vela", seria a capacidade que a vela tem de executar o seu trabalho (quebra demanda, proteção, maldade, reversão, desvio, anulação, potencialização, cobrança, correção, direcionamento, etc).  Muitas pessoas que acendem velas se perguntam: "Olha como minha vela ficou", o que isso quer dizer? Para responder essa pergunta primeiro é necessário levantar quais variáveis borram uma vela. Sua vela pode borrar por estar exposta ao vento (ventilador, janela aberta, porta aberta, alguém que passou correndo, etc), pode

MAGIAS COM MAÇÃ NA UMBANDA

A maçã é uma fruta afrodisíaca com diversos benefícios para o organismo humano. Ela combate o envelhecimento, ajuda no controle do hálito, controle de diabetes (por ser rica em pectina), controle do colesterol, etc. No geral, frutas com a polpa branca, como maçã e pera, podem reduzir o risco de uma pessoa sofrer um acidente vascular cerebral (AVC). Esta é a conclusão de um estudo feito pela Universidade de Wageningen, na Holanda, em que foram acompanhadas 20.069 pessoas, entre as idades de 20 e 65 anos.  A pesquisa levou dez anos para ser desenvolvida. Após este período, os pesquisadores viram que as pessoas que mais comiam alimentos de polpa branca de frutas e legumes tinham 52% menos chances de ter um AVC. Apesar de deixarem claro que é preciso ter mais estudos para confirmar as descobertas, os estudiosos afirmam que o consumo de uma maçã por dia, reduz o risco em cerca de 40% (Fonte: Ciclovivo.com.br). A Maçã ainda é indicada para combater problemas respiratórios