Pular para o conteúdo principal

ORIXÁS REGENTES EM 2016 NA UMBANDA

Você já ouviu a expressão "Orixá regente"? Trata-se dos orixás que vibrarão, que serão responsáveis por reger determinado tempo, período, casa, lugar, etc. Uma vez identificados os pólos vibratórios de regência, é possível investir em algumas previsões no campo amoroso, profissional, sentimental, econômico e afim. A Umbanda identifica a regência dos Orixás de forma diferente do Candomblé. No Candomblé, geralmente se recorre ao jogo de búzios e o resultado deve ser alafiado (confirmado). Já na Umbanda geralmente é trazida pela intuição de alguma casa, guia, mentor espiritual, etc. 

Cada casa tem a sua doutrina, logo, não vá achando que um ou outro site é a verdade absoluta sobre a regência. Na dúvida, consulte o pai de santo da sua casa ou de sua confiança. Este texto se baseia na doutrina de Umbanda da Tenda Caboclo Pena Verde, Pena Azul e Caboclo Flecheiro de Aruanda (SP). O texto foi intuído pelo guia Sr. Tranca Rua das Almas com quem o pai da casa (Eduardo de Oxossi) trabalha. Respeitamos a doutrina alheia e contamos com o igual respeito, afinal, Umbanda é uma banda só. 

"Previsão" não é uma batalha para ver quem é o pai ou mãe de santo mais isso ou mais aquilo. Previsões são frutos da intuição que nos são passado. Acredite na casa e nos guias que você confia e igualmente eles corresponderão a você. Boa leitura!  

ORIXÁS PRECISAM VIR DE CASALZINHO?

Não. Para nossa casa, o Orixá que vai reger traduz a energia do trono que a humanidade mais necessita, ou seja, em 2014 a maioria das casas de Umbanda deu a previsão com Yansã e Xango (foi um ano de muito movimento, agitação, inicio de justiça, de plantar, de semear e ao mesmo tempo de "aprender a dançar na chuva", para muitos um ano bem complicado). Isso significa que devido a permissão de Oxalá, para estas casas, a regência destes Orixás estavam sendo necessitadas. 

2015 foi o ano de Ogum, Exu e Yemanjá. Para estas casas, este foi um ano de batalha, de colher o que se plantou e embora um ano também complicado, terminou no colo e nos braços de Yemanjá, como se tivéssemos que ecoar muita coisa para voltar com força. É um erro achar que a regência segue o padrão de "casalzinho", ou seja, Oxum só vem com Oxossi, Xango só com Yansã, Oxalá só com Yemanjá ou Ogum, enfim, a regência não é o casamento dos Orixás, mas a irradiação, a emanação de energia para quele determinado tempo, ano, mês, casa, jogo de buzio, médium, casa, terreiro, bairro, não, etc. 

PODE HAVER REPETIÇÃO DE REGÊNCIA?

Na opinião dos dirigentes desta casa sim, porém há de haver uma justificativa muito plausível para isso acontecer. O Orixá não vem em terra para desfile, ele vem em terra para ajudar a evoluir os seres humanos na vibração daquele trono, ou seja, problemas de amor na vibração de Oxum, problemas da justiça na vibração de Xango e assim por diante (ao menos em uma leitura de Umbanda). 

A maioria dos sites está dizendo que 2016 vem de Oxalá e Yemanjá. Todavia, embora concorde com a chegada de Oxalá, o autor deste portal vê mais a vibração de Oxum do que de Yemanjá. Pesquisamos alguns sites antes de elaborar este texto e há uma minoria de casas que também sentem a vibração de Oxum e uma outra minoria em outros Orixás (Nanã, etc). 

QUEM REGE 2016 PARA TENDA CABOCLO PENA VERDE, PENA AZUL E CABOCLO FLECHEIRO DE ARUANDA?



Em 2015 os 6 últimos meses era dedicado a Yemanjá, portanto, a entrada da mãe em 2016 para nossa casa termina nos 6 primeiros meses do ano onde ela termina o trabalho que começou. Oxalá rege do início ao fim junto a Oxum. 

QUAIS SÃO AS PREVISÕES DA CASA NESTA REGÊNCIA?

Yemanjá (considerada a mãe de todos) iniciou em 2015 um forte trabalho na cabeça e nos lares das pessoas. Tivemos muitas pessoas confusas em 2015, seja em relacionamentos, nos empregos, em crises existenciais, mudando de humor, de estilo, etc. 2015 vimos certas coisas mudarem da água para o vinho (tal como é o mar), incertezas, gente ecoando, gente vindo com força das marés, gente a deriva e consequentemente sua forma de pensar. Este trabalho ainda não acabou. Ogum e Exu atuaram no ano cobrando o que Xango determinou em 2014. Umbanda é uma religião onde ou a pessoa aprende pela dor ou pelo amor. Yemanjá colheu reflexões (das cabeças) vindas de Xango, Yansã, Ogum e Exu. Algumas pessoas aprenderam pelo amor e outras pela dor. Porém este trabalho ainda não acabou. Por isso muita gente está sentindo mamãe Yemanjá no próximo ano. Ela precisa terminar um trabalho nas cabeças e nas famílias que ainda não concluíram. Tem pessoas que lhe foram dadas inúmeras chances de mudar e ainda não mudaram. 

2014 e 105 foram anos bem agitados e com muitas batalhas, espinhos e obstáculos para evolução. A humanidade, em especial no Brasil, estão cansados, estressados (crise hídrica, crise na educação, violência, acidentes naturais, trânsito, desemprego, depressão, pessoas saindo das religiões, etc). Oxalá vem em 2016 trazer um pouco de calma, de paz, de equilíbrio, de renovo, em outras palavras, pode ser um ano de estabilização e até lento em alguns setores. Se Yemanjá entra 2016 com Oxalá, penso que seja no lado do alto mar, na parte calma do mar. 

Oxum, já anunciou sua chegada com a quantidade de relacionamentos que estão chegando ao fim neste final de 2015. Oxum vem restaurar o que dá para ser restaurado, recomeçar o que dá para ser recomeçado, fortalecer o que dá para ser fortalecido. Junto com Yemanjá, famílias encontrarão o amor, a união, a resinificação, etc (muita mãe solteira entrando o ano de 2016 tendo que fazer o papel do pai! Mães solteiras não devem ter pressa de colocar um novo substituto para dentro de suas casas). O primeiro semestre do ano Oxum atua fortemente no amor e no final do ano dedica a vibrar nas questões do ouro, da prosperidade.

Oxalá pode trazer um pouco de preguiça as pessoas (ganho de peso, estagnação, procrastinação, muita fala e pouca ação), por outro lado, pode resgatar pessoas que perderam a sua fé, pode unir pessoas (pois o desemprego e os problemas econômicos vão continuar!). Yemanjá uni famílias (mesmo que não sejam de sangues), traz a união de amigos verdadeiros e o afastamento de pessoas que possam prejudicar a instituição do lar. (pode trazer maternidade alinhada a Oxum, então mulheres tomem cuidado, previnam-se, em especial nas festanças do carnaval). 

Oxum traz para mulher em 2016 o resgate da sua auto-estima, o seu brilho, a sua motivação, a sua independência (espera-se mulheres mais atiradas em prol de seus objetivos). Tanto para homem quanto para mulher Oxum pode trazer um pouco do egoísmo, do ego, do investimento em coisas prazerosas. Porém, como Oxalá está presente, até mesmo os egoístas e individualistas estarão procurando companhia em 2016 seja para amores, para negócios, para religiões, Ongs, etc. 

Tanto Oxalá quanto Yemanjá atuam no trabalho em equipe, há grande oportunidade para uniões de interesses, parcerias, etc. A vibração de um Orixá pode vir tanto no positivo quanto no negativo, depende do que cada pessoa precisa. Algumas pessoas vão entrar o ano sentindo um vazio imenso, pois enquanto 2015 Ogum dava força para nossas batalhas, 2016 temos colo (Oxalá e Yemanjá) e alguns amigos parecendo que não tem problema nenhum (Oxum). Podemos sentir um pouco de inveja alheia pelo sucesso do outro. Pode ser um ano que passe a falsa sensação de paz, mas não estamos isentos dos estressores, principalmente os econômicos e naturais. Oxum pode trazer um pouco de ansiedade, preguiça (junto a oxalá), sobrepeso, compulsividade por comida ou necessidade de extravagar com bens materiais para compensar sentimentos de baixo astral, perdas ou compensações. 

O Orixá não quer o nosso mau. Se passamos por determinada situação isso também está diretamente ligado ao nosso carma. Peça a seu Orixá que sempre lhe ensine a ser merecedor de coisas melhores, que lhe ajude a evoluir como pessoa e como profissional.  

Pessoas que entrarem o ano de 2016 em dúvida, devem tentar resolvê-las rapidamente para não correr o risco de empurrar o ano com a barriga. Uniões amorosas que forem desfeita terão apoio de Oxum (Deusa do amor), de Oxalá (O branco, a fé e a paz) e de Yemanjá (Mãe de todos) para que nenhuma parte dos corações saiam feridas ou desamparadas.

Quem procura sua independencia financeira ou colocar as dívidas em dia, a dificuldade permanece na entrada do ano. Oxum dá apoio e força no segundo semestre, porém esforce-se ao máximo para não entrar o ano com dúvidas ou dívidas. Tente resolver o máximo de coisas ainda em 2015. 

Pessoas podem trocar de religião (Oxalá), umas virarem ateu, ateus virarem religiosos, etc. Oxalá vem mexer no aspecto da fé. Pessoas que disseram ou nunca se imaginaram estar na Umbanda, podem ser atraídas por ela. Não devemos esperar que a religião resolva tudo, é preciso correr atrás e não apenas rezar. Fé é uma coisa que de coração esperamos que não lhe falte em 2016.

"Oxalá meu pai, tenha pena de nós tenha dó, se as voltas do mundo são grandes, seus poderes são maior". 

DÚVIDAS SOBRE 2016?

Na dúvida de Orixás regente, peça as sete linhas da Umbanda que abençoe o seu ano de 2016. Nossos Orixás não descem a sua benção apenas em um ano ou outro. Não deixe de louvar e cultuar seus guias e mentores, independente de regência, todos estarão contigo. Nossos guias vão onde está a nossa fé.   

Independente do que venha, desejamos a todos um feliz 2016 e que as sete linhas de Umbanda abençoe a vida de vocês. 

  

Comentários

  1. Não perca as previsões de Aline para o ano de 2016! https://youtu.be/pXR7qFzXVqo #previsões2016

    ResponderExcluir
  2. Não perca as previsões de Aline para o ano de 2016! https://youtu.be/pXR7qFzXVqo #previsões2016

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

TRABALHOS COM CABEÇA DE CERA NA UMBANDA

INTRODUÇÃO A Cabeça é o lugar mais sagrado para o Umbandista. É ali que vive o seu Ori, sua coroa, sua mente, seu cérebro, o início dos seus chacras, etc. Trabalhos com cabeça de cera devem ser feitos por pessoas experientes e fundamentadas. Na dúvida sobre o que ou como fazer, sempre consulte o pai de santo de sua confiança.  CABEÇA DE CERA PARA OXUM: PEDIDOS E PROMESSAS Oxum (Nossa senhora de aparecida) é muito conhecida por receber cabeças de cera em seus trabalhos, seja ele para amor (embora a Umbanda em si seja contra trabalhos de amarrações) ou para outros pedidos.  Em São Paulo está localizado o Santuário de Aparecida do Norte. Lá é recebido diariamente muitas peças de cera em pedido ou agradecimento de graças alcançadas por seus fiéis.  Podemos fazer cabeça de cera para cura, para melhorar os pensamentos, clarear as ideias, etc.  CABEÇA DE CERA COM YEMANJÁ: CALMA, LIMPEZA E DISCERNIMENTO.  Yemanjá é a mãe de todos. Este trabalho é indicado para ac

VELAS E SUAS DEFORMAÇÕES: "MINHA VELA BORRADA, O QUE ISSO QUER DIZER?"

INTRODUÇÃO A Umbanda é uma religião que trabalha com energia, portanto, ela pode se movimentar de ponta a ponta, de forma neutra ou intencionada. Sendo intencionada, podemos identificá-la como positiva ou negativa, recebida ou negada, desviada, redirecionada, etc. Se formos olhar a definição de dicionário, "energia" nada mais é do que a capacidade de um corpo, objeto ou molécula realizar seu trabalho. Se formos pensar em "energia de vela", seria a capacidade que a vela tem de executar o seu trabalho (quebra demanda, proteção, maldade, reversão, desvio, anulação, potencialização, cobrança, correção, direcionamento, etc).  Muitas pessoas que acendem velas se perguntam: "Olha como minha vela ficou", o que isso quer dizer? Para responder essa pergunta primeiro é necessário levantar quais variáveis borram uma vela. Sua vela pode borrar por estar exposta ao vento (ventilador, janela aberta, porta aberta, alguém que passou correndo, etc), pode

MAGIAS COM MAÇÃ NA UMBANDA

A maçã é uma fruta afrodisíaca com diversos benefícios para o organismo humano. Ela combate o envelhecimento, ajuda no controle do hálito, controle de diabetes (por ser rica em pectina), controle do colesterol, etc. No geral, frutas com a polpa branca, como maçã e pera, podem reduzir o risco de uma pessoa sofrer um acidente vascular cerebral (AVC). Esta é a conclusão de um estudo feito pela Universidade de Wageningen, na Holanda, em que foram acompanhadas 20.069 pessoas, entre as idades de 20 e 65 anos.  A pesquisa levou dez anos para ser desenvolvida. Após este período, os pesquisadores viram que as pessoas que mais comiam alimentos de polpa branca de frutas e legumes tinham 52% menos chances de ter um AVC. Apesar de deixarem claro que é preciso ter mais estudos para confirmar as descobertas, os estudiosos afirmam que o consumo de uma maçã por dia, reduz o risco em cerca de 40% (Fonte: Ciclovivo.com.br). A Maçã ainda é indicada para combater problemas respiratórios